16° Encontro de Folia de Reis acontece neste domingo em Goiânia
Evento reunirá grupos de diversas cidades do Estado de Goiás. Programação começa às 6h na Praça da Igreja Matriz de Campinas.

Mais de 45 grupos de Folia de Reis de Goiânia e do interior do Estado já confirmaram presença para o 16º Encontro de Folia de Reis que acontece no próximo domingo, 29, na Praça da Igreja Matriz de Campinas. O evento é organizado pela Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, e tem o apoio da Comissão Goiana de Folclore.

O tema escolhido para este ano é “Nas crianças o presente e o futuro das folias”. De acordo com os organizadores, ele reflete a importância da participação das crianças e jovens nesta manifestação artística e cultural. “Em muitos grupos de folia, as crianças e adolescentes já têm atuação efetiva, especialmente, na instrumentação. A capacidade de prolongamento de uma Folia de Reis no tempo depende diretamente da capacidade que ela tiver de continuar encantando as crianças e adolescentes. Enquanto houver esse encantamento, nossas folias terão vida longa”, afirma o professor Jadir Pessoa, membro da Comissão Goiana de Folclore.

O evento terá início com a já tradicional alvorada festiva, às 6 horas, e com a missa dos foliões, às 7 horas. Depois da abertura oficial, às 9h, os grupos se apresentam ao decorrer do dia.

Tradição

A folia é considerada uma expressão do Brasil agrário, que tem características próprias, expressas em coreografias, ritmos e canções. É um evento popular que transcende a esfera religiosa de sua origem e alia aspectos profanos e regionais.

Apesar das particularidades locais, todos os grupos têm como característica principal a preservação dos versos e danças. No Brasil, a Folia de Reis é uma das tradições herdadas dos colonizadores portugueses com influências das religiões exercidas pelos escravos.

A festa comemora o nascimento de Cristo. O enredo lembra a viagem que os três reis magos – Baltazar, Belchior e Gaspar – fizeram a Belém para encontrar o Menino Jesus. Os palhaços, vestidos a caráter e cobertos por máscaras, representam os soldados do rei Herodes, em Jerusalém, e na Folia têm a função de animar a festa e espantar os maus espíritos.

Da tradição portuguesa, os foliões pedem licença para entrar e começam a cantoria. Os cantos, chamados também de tala e contra-tala, têm aquele falsete agudíssimo, um lamento choroso que corta o sertão paulista, mineiro e goiano. É assim a cada ano: o Alferes da Folia, chefe dos foliões, pode bater à porta a qualquer momento, de manhãzinha, seguido dos palhaços do Reisado e de seus instrumentos barulhentos.

Serviço

folder prog face

16º Encontro de Folia de Reis de Goiânia

Data: 29 de janeiro de 2017, domingo

Horário:

6h – Alvorada Festiva
7h – Missa dos Foliões
8h – Café da Manhã
9h – Abertura Oficial
9h às 18h – Apresentação dos grupos

Local: Praça da Igreja Matriz de Campinas (Rua José Hermano, Setor Campinas)

Com informações da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom).

Redação

Revista Factual

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *