Anonymous: hackers declaram guerra ao Estado Islâmico

Os últimos ataques do Estado Islâmico a Paris despertaram a comoção do mundo todo e tem provocado reações nas mais diversas esferas da sociedade e do poder. No último sábado, 14, foi a vez do grupo de hackers Anonymous declarar guerra à ofensiva jihadista. Em vídeo postado no YouTube, um homem utilizando uma máscara de Guy Fawkes anunciou a medida e reforçou: “Vocês devem saber que vamos encontrá-los”. Os alvos dos hackers são as contas que declaram apoio ao EI e sites ligados aos terroristas.

Os ataques tem o intuito de silenciar a propagação e o apoio às ações do grupo terrorista. No início do ano, os hackers também invadiram sites e divulgaram perfis de apoiadores após o massacre ocorrido na redação do jornal satírico francês Charlie Hebdo, onde 12 pessoas foram mortas. “Esperem ataques cibernéticos massivos. A guerra está declarada. Preparem-se”, diz o ativista em outro trecho do vídeo. E frisou: “Os franceses são mais fortes do que vocês pensam e vão sair dessa atrocidade ainda mais fortalecidos”.

OS ATAQUES

Os ataques a tiros e explosões ocorridos simultaneamente na última sexta-feira, 13 deixaram pelo menos 129 mortos e 350 feridos. Em contrapartida, a França bombardeou no domingo 20 alvos dos terroristas na cidade de Raqqa, na Síria. O presidente francês François Hollande endureceu o discurso e promete “destruir” o Estado Islâmico.

Veja o vídeo publicado pelo Anonymous:

Vinicius Martins

Editor da Revista Factual, jornalista em formação, cristão, músico, entusiasta da música e designer gráfico. Gosta de ler, tocar violão, bateria e curtir bons sons. Um apaixonado por Goiânia e seus encantos. Motivado pelo aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *