Bariani Ortencio lança coletânea inédita nesta quarta-feira, em Goiânia
Escritor de 93 anos traz na obra composta por quatro livros, memórias do cerrado brasileiro, do folclore, da vida, entre outros temas.

O escritor Bariani Ortencio, lança sua coletânea nesta quarta-feira (15), a partir das 19h no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia. O cerrado brasileiro, o folclore, a vida e os trejeitos de antigamente, o desbravamento do estado de Goiás pelos bandeirantes, os interiores e exteriores desta região, o Centro-Oeste, as clássicas receitas das vovós, os quitutes culinários e tantos outros temas ganham coloridos nas letras, contos, crônicas e poesias do escritor de 93 anos. Memórias que atraíram músicos interessados em seus poemas e suas mais de 70 composições. E, ainda, mais de 50 livros e inúmeras premiações pelo Brasil afora.

A vida do paulista nascido em Igarapava (SP) é recheada de histórias. Principalmente do seu amor por Goiás. O autor se mudou aos 15 anos para Goiânia, época em que a cidade e todo o Centro-Oeste do país cresciam sem parar. Logo, Bariani tornou-se goiano de corpo, alma e coração. Após anos de registros e memórias do velho e novo Goiás, o escritor chega com uma obra inédita para apresentar na sua cidade do pequi e das rodas de viola.

A nova coletânea de Bariani Ortencio é formada por quatro livros, sendo três destes inéditos. Os títulos comprovam a versatilidade do escritor nas mais diversas temáticas e estilos literários. Revelam a veia humorística do autor, sua capacidade em transformar acontecimentos reais em ficção, além de textos para o público mais novo. O box com os quatro exemplares estará a venda por R$ 100. A Tagore Editora, pelo selo Trampolim, assina o projeto, que tem o apoio do Fundo de Arte e Cultura de Goiás.

Regionalista, amante da cultura do seu povo goiano e do Brasil, Bariani Ortencio vai ousar ainda mais nos seus causos. Com toda a simplicidade e bom-humor, ele traz esta vertente da leveza de suas letras nas 144 páginas de “O crime do mordomo e outros crimes…de humor”. Já em “Chão bruto”, ele se inspira em fatos reais transfigurados em relatos de pura ficção. Os contos aqui ganham forma ao mesclar vivência, imaginação, sonhos e fantasia em 200 páginas.

No seu “Conversando com os mitos do folclore brasileiro”, o autor vai apresentar um livro para o público infanto-juvenil e brincar com folclore e a tecnologia dos dias de hoje. Na sinopse está em foco dois jovens técnicos em informática que conseguem conversar ao vivo com os principais mitos do folclore através de um aparelho que eles inventaram. A obra conta com 112 páginas.

Para finalizar a caixa mágica de Bariani, a “Ficção longa de Bariani Ortencio” (224 páginas) foi organizada pelo professor de antropologia da UFG, Jadir de Morais Pessoa, e pela mestra historiadora-folclorista Izabel Signoreli. Juntos, eles reúnem três contos, já publicados anteriormente, que melhor representam a versatilidade de Bariani Ortencio. A Coletânea Bariani Ortencio estará também à venda no Instituto Cultural e Educacional Bariani Ortencio (ICEBO) localizado na Rua 82, nº 565 e as informações podem ser obtidas pelo (62) 3223-0330.

Serviço

lancamento-coletanea-bariani-ortencio

LANÇAMENTO DA COLETÂNEA BARIANI ORTENCIO

Quando: 15 de março (quarta-feira)
Horário: a partir das 19h.
Local: Palácio das Esmeraldas (Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira – St. Central), Salão Dona Gercina.
Valor da caixa com quatro livros: R$ 100
Páginas: 680 (total)
Informações: (62) 3223-0330 (Instituto Cultural e Educacional Bariani Ortencio – ICEBO)

Redação

Revista Factual

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *