Confira a trajetória do ator Domingos Montagner
Ator morreu afogado no Rio São Francisco nesta quinta-feira (15), aos 54 anos.

Sabe aquelas notícias que vem e deixam todo mundo estarrecido e tomado de tristeza? Pois foi exatamente assim que o público brasileiro ficou ao saber na tarde desta quinta-feira (15), do desaparecimento do ator Domingos Montagner nas águas do Rio São Francisco, na cidade de Canindé do São Francisco em Sergipe. O artista estava na cidade participando das gravações da novela ‘Velho Chico’ da Rede Globo, que está chegando à sua fase final. Segundo relatos, Montagner teria almoçado e em seguida, mergulhado no rio juntamente com sua colega de elenco e par romântico na trama, a atriz Camila Pitanga. Ele foi arrastado pela correnteza e desapareceu por volta das 14h.

A atriz avisou a produção de Velho Chico que o ator não voltou a superfície. A equipe então chamou o Corpo de Bombeiros imediatamente, que iniciou as buscas contando inclusive, com a ajuda de Ribeirinhos e da Polícia Militar. As buscas duraram toda a tarde até que, por volta das 18h, os Bombeiros confirmaram a morte de Domingos Montagner. O corpo foi localizado a 18 metros de profundidade, preso em pedras e em uma distância de 320 metros de onde ocorreu a tragédia. A Rede Globo enviou um comunicado para informar a morte do ator.

Domingos Montagner morreu aos 54 anos. Artistas, amigos e colegas de profissão lamentaram a perda. Ele deixa a esposa, Luciana Lima, e três filhos.

A partir de agora, a Factual traz um pouco da biografia e obra do ator. Conheça.

domingos-montagner-personagens
O ator Domingos Montagner em dois momentos distintos. Como Santo dos Anjos em ‘Velho Chico’ e como Corvo em ‘Um Namorado Para Minha Mulher’, dois de seus últimos trabalhos. Fotos: TV Globo/reprodução.
BIOGRAFIA

Domingos Montagner era ator, palhaço e artista circense. Iniciou sua carreira no teatro, através do curso de interpretação de Myriam Muniz, e no Circo Escola Picadeiro conheceu as técnicas e o vocabulário que o conduziram para o circo e a arte popular.

Com Fernando Sampaio, formou em 1997 o Grupo La Mínima, que possui 12 espetáculos em repertório. A Noite dos Palhaços Mudos, de 2008, lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Ator.

Em 2003, com mais oito artistas, criou o Circo Zanni, do qual é diretor artístico.

Sua estreia na TV aconteceu com o seriado “Mothern”, no canal GNT. Na Rede Globo, suas primeiras participações foram no programa “Força Tarefa” e nas séries “A Cura” e “Divã”.

Em 2011, atuou em sua primeira novela, “Cordel Encantado”, pela qual recebeu os prêmios Contigo e Melhores do Ano (Domingão do Faustão), ambos na categoria Ator Revelação. Em 2012, protagonizou a minissérie “Brado Retumbante”, de Euclydes Marinho, pela qual recebeu o prêmio Contigo na categoria de Melhor Ator de Série/Minissérie. Também em 2012, o artista atuou na novela “Salve Jorge”, de Glória Perez. Estreou no cinema no mesmo ano, com uma participação especial no longa “Gonzaga – de Pai Pra Filho”, de Breno Silveira.

Em 2013, o artista foi escalado para a novela das 18h, “Joia Rara”, de Thelma Guedes e Duca Rachid. Em 2015, interpretou Miguel, o protagonista da novela “Sete Vidas”, de Lícia Manzo, e em seguida deu vida ao delegado Espinosa na série “Romance Policial – Espinosa”. A adaptação do livro “Uma janela em Copacabana”, de Luiz Alfredo Garcia Roza, foi ao ar no canal GNT,  com direção geral de José Henrique Fonseca. No mesmo ano, ator participou dos longas-metragens “Vidas Partidas” (Marcos Schechtman),  “De Onde te Vejo” (Luiz Villaça) e “O Outro Lado do Vento” (Walter Lima Jr), que entram em cartaz em 2016.

Atualmente, Domingos Montagner atuava no elenco de “Velho Chico”, novela de Benedito Ruy Barbosa, com direção de Luiz Fernando Carvalho, pela Rede Globo. As informações são do próprio site de Montagner.

FILMOGRAFIA (SÉRIES, FILMES E NOVELAS)

2008 – Mothern – João (Série)
2010 – A Cura – Pai de Ezequiel (Série)
2010 – Força Tarefa – Cabo Moacyr (Série)
2011 – Cordel Encantado – Capitão Herculano Araújo (Novela)
2011 – Divã – Carlos Alencar (Série)
2012 – Gonzaga – De Pai pra Filho – Coronel Raimundo (Filme)
2012 – O Brado Retumbante – Paulo Alberto Ventura (Série)
2012 – Salve Jorge – Zyah (Novela)
2013 – Joia Rara – Mundo (Novela)
2014 – A Grande Vitória – César (Filme)
2014 – Tarja Branca – A Revolução que Faltava – Interpretou a si mesmo (Filme)
2015 – Através da Sombra – Afonso (Filme)
2015 – Romance Policial – Espinosa (Série)
2015 – Sete Vidas – Miguel (Novela)
2016 – De Onde Eu Te Vejo – Fábio (Filme)
2016 – O Rei das Manhãs – Palhaço (Filme)
2016 – Um Namorado Para Minha Mulher – Corvo (Filme)
2016 – Velho Chico – Santo dos Anjos (Novela)
2016 – Vidas Partidas – Raul (Filme)

domingos-montagner-luto

Vinicius Martins

Editor da Revista Factual, jornalista em formação, cristão, músico, entusiasta da música e designer gráfico. Gosta de ler, tocar violão, bateria e curtir bons sons. Um apaixonado por Goiânia e seus encantos. Motivado pelo aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *