HGG e Hemocentro promovem coleta de sangue ao som do rock
No sábado, dia 26 de novembro, das 9 às 14 horas, o Hospital Alberto Rassi estará preparado para receber os doadores de sangue. Evento conta com o apoio de mais de 20 motoclubes de Goiás e com apresentação da banda Balaclava.

O Hospital Alberto Rassi – HGG e o Hemocentro de Goiás (Hemogo) promovem no sábado, dia 26 de novembro, a terceira edição do evento “Doe sangue ao som do rock”, com o apoio de vários motoclubes regionais e nacionais. Entre 9 e 14 horas, a unidade hospitalar estará preparada para receber os doadores de sangue, que poderão, além de praticar um ato de solidariedade, curtir a banda de rock clássico Balaclava e admirar as centenas de motos, desde as mais possantes às com customizações diferenciadas, que serão exibidas no estacionamento.

Nesta edição, o evento conta com o apoio de 20 motoclubes e quatro empresas especializadas. Para os doadores, haverá a distribuição de botons e a empresa RM Personalização também entregará patches (bordados para as jaquetas dos motociclistas) com a temática do evento. Além de todas as atrações, o motociclista Cláudio Simões Ventriglia vai divertir os pacientes vestido de papai noel, só que, em vez de trenó, ele chegará de moto.

Somadas as duas edições já realizadas, em 2014 e 2015, foram captadas 135 bolsas de sangue, que puderam beneficiar até 540 pessoas. De acordo com o assessor administrativo do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social gestora do HGG, Henrique Torres, a expectativa é de aumentar ainda mais este número. “A adesão dos motociclistas vem crescendo bastante a cada ano. Em 2016, conseguimos o apoio de grandes clubes nacionais e a galera está empenhada”, destacou ele, que é membro do motoclube Lemurianos.

Adonai Andrade, assessor de Tecnologia da Informação do Idtech e membro do motoclube Metal & Óleo, também é um dos organizadores do evento. Ele estima a participação de mais de 200 pessoas nesta edição. “Sabemos que, por mais que campanhas sejam realizadas pelo Hemocentro e diversas coletas sejam feitas diariamente, a demanda é muito grande. Por isso, estamos fazendo a nossa parte para suprir um pouco dessa necessidade”, destacou.

dsc_0210
Além de uma oportunidade de praticar um ato de solidariedade, o evento oferece aos doadores o show da banda de rock clássico Balaclava e uma exposição de centenas de motos, desde as mais possantes às com customizações diferenciadas no estacionamento do HGG. Foto: divulgação.
Requisitos

De acordo com a gerente da Agência Transfusional do hospital, Emilya Locatelli, o HGG consome, cerca de 300 bolsas de sangue por mês. Para doar o voluntário precisa estar em bom estado de saúde, ter idade entre 16 e 69 anos, não estar em jejum, ter o peso corporal acima de 50 quilos, não fumar duas horas antes e não ingerir bebida alcoólica no período anterior há 12 horas da doação. Além disso, pessoas com tatuagem e/ou maquiagem definitiva devem aguardar o prazo de um ano após o procedimento para doar, e nos casos de piercing, seis meses.

SERVIÇO

doe-sangue-ao-som-do-rock

O QUÊ: Doe sangue ao som do rock
QUANDO: 26/11/2016 (sábado)
HORÁRIO: 9 às 14 horas
ONDE: Hospital Alberto Rassi – HGG (Avenida Anhanguera, 6479, Setor Oeste)

Redação

Revista Factual

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *