Horário de verão vai começar mais tarde em 2018
A medida, assinada pelo presidente Michel Temer atende pedido do ministro Gilmar Mendes

O famigerado horário de verão terá mudanças em 2018. Isto porque o presidente Michel Temer assinou um decreto nesta sexta-feira (15), que vai transferir o início do horário de outubro para novembro.

A medida atende pedido do ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e deve ser publicada no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira (18).

Gilmar pediu para que o horário de verão tivesse início somente após o segundo turno das eleições, para evitar atrasos na apuração dos votos e na divulgação dos resultados do pleito.

São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal adotam o horário de verão no Brasil atualmente.

A mudança transfere o horário de verão para o dia 4 de novembro de 2018. O horário, neste ano, começou em 15 de outubro e terminará em 18 de fevereiro de 2018.

Fim do horário de verão

Em 2017, foi cogitado o fim do horário de verão. Estudos do Ministério de Minas e Energia (MME) concluíram que ele não proporciona economia de energia.

Tais estudos apontaram ainda que os picos de consumo são registrados atualmente nos períodos do fim da manhã e início da tarde, nos quais o calor é mais intenso. Entretanto, o governo optou por mantê-lo.

Capa: reprodução.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

Vinicius Martins

Editor da Revista Factual, jornalista em formação, cristão, músico, entusiasta da música e designer gráfico. Gosta de ler, tocar violão, bateria e curtir bons sons. Um apaixonado por Goiânia e seus encantos. Motivado pelo aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *