Malcolm Young, fundador e guitarrista do AC/DC, morre aos 64 anos
Músico esteve à frente da banda até 2014, quando se afastou após ser diagnosticado com demência

O guitarrista Malcolm Young morreu aos 64 anos. Juntamente com o irmão, o também guitarrista Angus Young, ele fundou a banda australiana AC/DC, em 1973, e permaneceu nela por 40 anos até 2014, quando se afastou por problemas de saúde.

O músico sofria de demência. Em comunicado oficial publicado no Facebook neste sábado (18), a banda ressaltou as qualidades de Malcolm. “Como guitarrista, compositor e visionário, ele era um perfeccionista e um homem único.”

Ainda no mesmo texto, Angus lamentou a morte do irmão. “Como seu irmão é difícil expressar em palavras o que ele significou para mim durante a minha vida, o laço que tínhamos era único e muito especial. Ele deixa para trás um enorme legado que vai viver para sempre.”

Durante o período à frente do AC/DC, Malcolm compôs grande parte dos riffs da banda que entraram para a história do rock n’ roll mundial – caso de Back In Black, um clássico do gênero.

Nascido em 6 de janeiro de 1953, em Glasgow, Reino Unido, Malcolm Young deixa a esposa, Linda Young, dois filhos e três netos.

Confira o comunicado do AC/DC na íntegra a seguir.

Foto: reprodução.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

Vinicius Martins

Editor da Revista Factual, jornalista em formação, cristão, músico, entusiasta da música e designer gráfico. Gosta de ler, tocar violão, bateria e curtir bons sons. Um apaixonado por Goiânia e seus encantos. Motivado pelo aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *