Morre Scott Weiland, ex-vocalista das bandas Stone Temple Pilots e Velvet Revolver

O roqueiro Scott Weiland, um dos mais respeitados músicos da cena grunge americana foi encontrado morto dentro do ônibus de sua banda, Scott Weiland & The Wildabouts, em Minnesota – EUA, na noite desta quinta-feira (3). O ex-vocalista das bandas Stone Temple Pilots e Velvet Revolver tinha 48 anos.

A causa da morte ainda não é conhecida. No entanto, Weiland enfrentava problemas com álcool e drogas há anos, percalços estes, que levaram o vocalista a ser preso diversas vezes por conta dos vícios. Scott atuou no Stone Temple Pilots desde 1985, sendo que em 1994, a banda teve que paralisar suas atividades para que o cantor passasse por um proceso de reabilitação. Ele saiu do STP em 1996.

Em 1998 retornou à banda para a gravação do disco “No. 4”, lançado em 1999. Neste mesmo ano, Scott é preso por uso de drogas, ocasionando novamente sua saída. Em 2003, os ex-membros do Guns N’ Roses, Slash, Duff McKagan e Matt Sorum juntamente com o guitarrista Dave Kushner formam a banda Velvet Revolver e chamam Weiland para os vocais. O trabalho à frente do Velvet durou até 2008 – ano em que ele abandona a banda e retorna ao Stone Temple Pilots.

Em sua banda de origem, Scott permaneceu até 2013, quando foi demitido devido ao seu comportamento, sendo substituído por Chester Bennington, vocalista da banda Linkin Park. Ainda em 2013, Scott Weiland forma o ‘Scott Weiland & The Wildabouts’ – projeto em que permaneceu até sua morte, durante turnê nesta quinta-feira. Um comunicado no perfil oficial de Scott no Facebook, pede respeito à privacidade da família do músico.

comunicado-scott-morte
Comunicado da morte de Scott Weiland no perfil oficial do músico no Facebook

Vinicius Martins

Editor da Revista Factual, jornalista em formação, cristão, músico, entusiasta da música e designer gráfico. Gosta de ler, tocar violão, bateria e curtir bons sons. Um apaixonado por Goiânia e seus encantos. Motivado pelo aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *