Réveillon 2018 em Goiânia terá shows de Chitãozinho & Xororó e Falamansa
Evento gratuito contará ainda com apresentações de artistas locais. Palco será instalado no estacionamento do Estádio Serra Dourada.

O Réveillon 2018 em Goiânia virá cheio de atrações para anunciar a chegada do novo ano. Artistas de vários estilos musicais irão se apresentar no palco instalado no estacionamento do Estádio Serra Dourada na noite do dia 31, durante a virada, e na madrugada do dia 1º de janeiro. A festa, que tradicionalmente leva dezenas de milhares de pessoas aos shows – este ano, estima-se entre 50 e 70 mil pessoas – sempre exibe artistas que arrebanham multidões e animam a passagem de ano na capital goiana.

A abertura dos portões será às 18h30. Às 20h, os primeiros artistas, Tayná Janaína e Brunno Moreno, sobem ao palco. Em seguida, vêm os goianienses Pádua e Fernando Perillo, além de Tom Chris, goiano de Anicuns. Depois deles, às 21h40, é a vez de Valéria Barros, a mineira que canta música sertaneja, que prepara o público para a entrada dos artistas nacionais.

Às 22h30, ocupa o palco a dupla Chitãozinho & Xororó. Já perto da hora da virada, às 23h50, Cuiabano Lima, locutor de rodeio, narrador e apresentador faz sua performance e a tradicional contagem regressiva para a entrada de 2018. A partir das 0h30, a banda Falamansa, com seu forró, anima e encerra a festa de Ano Novo. Nos intervalos haverá discotecagem com DJs goianos.

Durante a virada, haverá a queima de fogos com 20 minutos de duração. Os explosivos serão instalados na laje do Estádio, bem em frente ao palco, em distância segura do público. Cascata e variados tipos de artifícios darão o colorido da noite. O palco onde os artistas se apresentam é tipo cruzeta, com 30 metros de frente cênica, 60 metros de comprimento e 25 metros de largura.

falamansa réveillon 201
A banda paulista de forró Falamansa é uma das atrações do Réveillon 2018, na capital. Foto: reprodução.
Investimento

O presidente da Goiás Turismo, Leandro Garcia, conta que o Réveillon é sempre uma excelente oportunidade para oferecer acesso à cultura, lazer e entretenimento a famílias goianas gratuitamente. E ainda trazer a Goiânia artistas renomados nacionalmente, que agradam a grande público.

Ele lembra que o investimento na festa de final de ano gera divisas importantes para o início do novo ano, já que a presença de pessoas do interior e de outros estados que viajam para assistir seus artistas preferidos, faz a economia girar. “A conta é simples, para cada R$ 1 aplicado, o turista gera R$ 2”, explica Leandro Garcia. Segundo ele, para ir à festa, as pessoas compram roupa e sapatos novos, vão ao salão de beleza, abastecem seus veículos, consomem comida e bebida no local, dentre outros gastos diretos ou indiretos da cadeia produtiva do turismo.

Segurança

Cerca de 400 homens devem fazer a segurança do local. Destes, 80 são particulares de empresas que prestam o serviço e os outros, policiais e bombeiros militares, que dão apoio à realização na parte de segurança e, se for preciso, socorro a alguma pessoa que necessite de cuidado especial. Como de costume, os militares pedem para reforçar o aviso de que é proibida a entrada com bebida.

SERVIÇO

Réveillon 2018 em Goiânia

Quando: 31 de dezembro de 2017
Horário: A partir das 20h (abertura dos portões)
Onde: Estacionamento do Estádio Serra Dourada
Queima de fogos: À meia-noite, durante 20 minutos
Entrada franca

Foto de capa: reprodução.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

Redação

Revista Factual

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *