TV Globo demite William Waack após declarações de cunho racista
Comunicado oficial assinado pela emissora e pelo jornalista foi divulgado na manhã desta sexta-feira (22)

É oficial! A TV Globo anunciou nesta sexta-feira (16), a demissão do jornalista William Waack. O apresentador estava afastado desde novembro da bancada do Jornal da Globo, devido à repercussão negativa causada pelo vazamento de um vídeo onde ele diz frases de cunho racista.

De acordo com o portal G1, o encerramento da relação de trabalho entre a Globo e Waack teria ocorrido de forma consensual.

Na ocasião, a emissora e o jornalista divulgaram o seguinte comunicado.

“Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito.

A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.

A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração.”

Ali Kamel, diretor de jornalismo da TV Globo

William Waack, jornalista e apresentador de programas jornalísticos da TV Globo

O caso

William Waack foi acusado de racismo devido a um vídeo que circulou nas redes sociais. Nas imagens, o âncora do Jornal da Globo aparece irritado, reclamando por causa de um motorista que buzina próximo ao estúdio onde as gravações eram realizadas.

O caso aconteceu durante o período das eleições presidenciais americanas de 2016, quando Waack fazia a cobertura diretamente dos Estados Unidos. No vídeo, é possível ouví-lo dizer “Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar, porque eu sei quem é”. Ao final, o jornalista diz ao comentarista que o acompanha “É preto. É coisa de preto”.

Para ocupar o lugar de William Waack, a TV Globo anunciou que a escolhida foi a jornalista Renata Lo Prete, que assume definitivamente a apresentação do Jornal da Globo e do programa Painel, da GloboNews. O nome definido para comandar a bancada do Jornal das Dez no canal pago é o do jornalista Heraldo Pereira.

Capa: reprodução/Hypeness.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

Vinicius Martins

Editor da Revista Factual, jornalista em formação, cristão, músico, entusiasta da música e designer gráfico. Gosta de ler, tocar violão, bateria e curtir bons sons. Um apaixonado por Goiânia e seus encantos. Motivado pelo aprendizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *