Consórcio municipal de aquisição de vacinas será instituído nesta segunda-feira (22)

Iniciativa visa facilitar a compra direta dos fabricantes, pelos municípios brasileiros participantes, de doses da vacina contra a Covid-19

0
Consórcio municipal de aquisição de vacinas, Conectar – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, Conectar, Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, prefeito Bruno Reis
Foto: reprodução/Pixabay

Será instituído oficialmente nesta segunda-feira (22), o Conectar – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras. O ato, promovido pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), ocorrerá às 15 horas, por meio de Assembleia Geral virtual e terá Salvador como uma das cidades participantes.

+ Clique aqui e acompanhe todas as nossas notícias relacionadas ao coronavírus

O prefeito Bruno Reis será um dos participantes do evento, que terá transmissão ao vivo pelo YouTube e contará com as participações do governador do Piauí, Wellington Dias; do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes; do ex-presidente do STF, Ayres Britto; e da representante da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, Socorro Gross Galiano, entre outras autoridades.

Tratativas

Os últimos detalhes preparatórios para o Conectar foram discutidos em reunião remota, realizada neste domingo (22) pela comissão de vacinação da FNP. Além de Bruno Reis e do presidente da entidade, Jonas Donizzette, também estiveram presentes os prefeitos de Aracaju (SE), Edvaldo Nogueira; Porto Alegre (RS), Sebastião Melo; Cuiabá (MT), Emanuel Pinheiro; Manaus (AM), David Almeida; Belém (PA), Edmilson Rodrigues; Florianópolis (SC), Gean Loureiro; Ribeirão Preto (SP), Duarte Nogueira; Petrolina (PE), Miguel Coelho; e o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento de Curitiba (PR), Vitor Puppi, representando o prefeito da cidade, Rafael Greca.

Em menos de um mês, desde o início das primeiras tratativas, o Conectar será instituído para facilitar a compra direta dos fabricantes, pelos municípios brasileiros participantes, das doses da vacina contra a Covid-19.

Na ocasião, o presidente da FNP ressaltou que, graças à mobilização dos municípios, o Ministério da Saúde já passou a orientar que as novas doses de vacinas contra a Covid-19 sejam integralmente utilizadas para imunização do maior número possível de pessoas, com reserva de apenas 10% para a segunda dose.

Além disso, após apelo da entidade, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, na sexta-feira (19), as medidas excepcionais para aumentar o acesso a oxigênio no sistema de saúde, no sentido de evitar um cenário ainda mais trágico.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual Bahia no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui