Publicidade
Início DISTRITO FEDERAL CIDADES E ENTORNO Vazio urbano vira praça de 10 mil m² e beneficia moradores de...

Vazio urbano vira praça de 10 mil m² e beneficia moradores de sete bairros em Águas Lindas

Espaço é o maior equipamento de lazer já entregue na cidade

0
loteamento Jardim do Éden, praça Viviane de Sousa Viana, praça Jardim do Éden, Águas Lindas, Tropical Urbanismo
Moradores realizam atividades de lazer em nova praça construída em Águas Lindas. Foto: divulgação/Bird'sEyeBrasil.
Publicidade
Publicidade

Nos últimos dias, o despachante Martinho da Costa, que reside no bairro Mansões Oliveira, em Águas Lindas de Goiás, município na região do Entorno do Distrito Federal, tem um agradável compromisso na sua rotina diária: levar o filho para gastar energia na recém-inaugurada praça Viviane de Sousa Viana, localizada próxima ao loteamento Jardim do Éden.

Numa cidade onde as opções de lazer são limitadas, o recém inaugurado espaço de lazer e convivência, construído numa área pública de 10 mil m² pela Tropical Urbanismo, não podia ter vindo em melhor momento: durante as férias escolares. Há um ano, o local onde hoje Martinho e o filho passam boas horas de diversão, era apenas mais um vazio urbano sem nenhuma função social e que apenas acumulava lixo e gerava insegurança pública.

A nova praça trata-se do maior equipamento de lazer já entregue na cidade, que tem 200 mil habitantes e cresceu aceleradamente e com pouco planejamento em 23 anos de emancipação. O local de lazer e convivência conta com pista de caminhada, ciclovia, academia ao ar livre, espaço de convivência, paisagismo, pista de skate, brinquedos infantis e outros itens. A praça também já se converge para um novo ambiente para festivais e eventos comunitários.

O despachante Martinho da Costa reside na região há quase dois anos e diz que antes, as crianças brincavam na rua e não havia opção de um espaço seguro para o lazer delas e dos adultos. “Hoje temos uma referência de lazer e passatempo. Antes olhávamos as crianças na rua, agora vamos ali na praça”, conta. De acordo com ele, seu filho curte a pista de skate e os balanços, e no domingo é o melhor dia para aproveitar o espaço que, segundo ele, “está cheio todos os dias da semana”.

Pista de Skate da praça Jardim do Éden. Foto: divulgação/Bird’sEyeBrasil.

Qualidade de vida

Com seu conceito urbanístico inspirado nas antigas ágoras da Grécia, locais usados para a transmissão de conhecimento e cultura, exposição de ideias e tomada de decisões, as praças resgatam hoje a prática da convivência comunitária, contrapondo-se ao isolamento das pessoas dentro de casa, por causa de insegurança ou por influência de novos hábitos impactados pela tecnologia.

Para a arquiteta e urbanista Sarah Jorge, as praças quebram esse isolamento e servem como um escapes para os moradores de um bairro. “Com uma praça instalada, a população local é induzida a deixar a casa, buscando o ar livre e momentos de distração, de modo a evitar problemas de saúde e outros males psicossociais que estão crescendo no mundo atual, como a depressão”, explica Sarah Jorge ao confirmar que “sem praça, um bairro não faz a diferença aos moradores”.

Segundo a urbanista, as praças interagem de forma visual e física com as pessoas, por meio dos elementos que a circundam, como calçadas, brinquedos, bancos, arborização e os prédios e outros equipamentos como pista de caminhada, estações de ginástica, playground. “É tendência e quase uma obrigação promover espaços com grande vitalidade e potencial de novos usos, para que um bairro ou cidade cumpram seus papéis sociais e de benefícios comuns para a conexão humana”, explica.

Vista aérea da Praça Jardim do Éden, em Águas Lindas. Foto: divulgação/Bird’sEyeBrasil.

Impacto positivo

Além dos moradores do Mansões Oliveira, a população dos bairros Santa Lúcia, Royal Parque, Mansões Odisséia, Mansões Camargo e Recreio de Águas Lindas de Goiás também será diretamente impactada pela nova praça. “Nosso objetivo é transformar o cotidiano das pessoas com mais bem-estar. Essa é uma região ainda carente deste tipo de lazer, então a praça tem sido uma opção importante para a população também dos bairros vizinhos”, diz Rodrigo Lima, diretor da Tropical Urbanismo, empresa que tem grandes obras por todo o Estado e mais de 40 anos de dedicação ao desenvolvimento de espaços públicos.

De acordo com Ana Paula Nomura, corretora de imóveis do Jardim do Éden, loteamento que será construído bem próximo à praça, desde que foi inaugurado, o espaço de lazer está sempre cheio a qualquer dia. “As crianças usam todos os brinquedos instalados, os adultos, a pista de caminhada e, no final da tarde, tem futebol com a criançada”, descreve a corretora ao lembrar que antes da praça o local era ocupado por mato e lixo.

Presente quase que todos os dias no estande de vendas do loteamento, Ana Paula Nomura estima que uma média de 150 pessoas se aglomeram na praça todos os dias, a partir das 16 horas. “Recebo retornos positivos da população. Eles dizem ter aprovado o local salientando que o bairro necessitava de um espaço para interação e diversão”.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual Brasília no FacebookTwitter e Instagram.

Publicidade

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui