TRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico promove discussão sobre participação feminina nas produções de terror

0
mayra-alarcon-creditos-divulgacao
Mayra Alarcón. Foto: divulgação.

A TRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico oferece a mesa redonda: “Mulheres que Tocam o Terror” durante a sua programação. O debate acontece no dia 10 de dezembro, às 16 horas, no Cine Cultura. O objetivo do encontro é discutir a participação das mulheres nas produções do gênero terror.

Laura Cánepa, Doutora em multimeios pela Unicamp, é uma das convidadas para a mesa redonda e explica que as mulheres sempre tiveram papel fundamental na história do terror, principalmente na literatura. “Figuras como a Mary Shelley e a Anne Rice têm obras consideradas marcos fundamentais. Esse é um gênero que sempre explorou questões muito caras à experiência feminina e que contou com a participação de mulheres no debate, criação de histórias e na interpretação de personagens”, conta.

A cineasta Monica Demes também faz parte do time de mulheres poderosas e conta um pouco de sua experiência profissional para enriquecer o debate. Monica é diretora do longa “O Despertar de Lillith”, considerado um dos cinco melhores filmes de terror deste ano nos Estados Unidos. A diretora lembra que em 2014, 85% dos filmes não tinham diretoras mulheres e em 80% deles, não tinham mulheres roteiristas. “Fica claro que o número não é bom para as mulheres, tanto como espectadoras, como contadoras de histórias. Para que as histórias de terror cumpram a sua função catártica, como as antigas tragédias gregas, é essencial que as mulheres se sintam representadas. O debate proposto pela Mostra TRASH abre a porta para que se entenda a importância do universo feminino nessas produções”, destaca Monica.

O debate também conta com a participação de Simone Zuccolotto (jornalista e crítica de cinema responsável pela série do Canal Brasil “Nas Sombras do Medo – O Cinema de Terror no Brasil), Alice Fátima Martins (Doutora em Sociologia pela UnB e autora dos livros “Saudades do Futuro: a ficção científica no cinema e o imaginário social sobre o devir” – Editora da UnB – 2013; e “Catadores de sucata da indústria cultural” – Editora da UFG – 2013), e Mayra Alarcón (atriz e diretora de produção). Mayra Alarcón trabalha ao lado de Rodrigo Aragão e é parte da leva mais expressiva do atual cinema de horror nacional, em filmes como “Mangue Negro” (2008) e “A Noite dos Chupa-Cabras” (2011).

mulheres-participantes-mostra-trash
Além da atriz e diretora Mayra Alarcón, compõem a mesa de debates a Doutora em Sociologia e escritora Alice Fátima Martins, a Doutora em multimeios Laura Cánepa, a cineasta Monica Demes e a jornalista e crítica de cinema Simone Zuccolotto. Fotos: divulgação.

A TRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico é produzida pela Escola Goiana de Desenho Animado e MMarte Produções e patrocinada pelas leis municipal e estadual de incentivo à cultura. O festival é gratuito e será realizado de 7 a 11 de dezembro, no Cine Cultura.

mostra-trash

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui