Hospital das Clínicas de Goiânia vai receber pacientes de Manaus com Covid-19

HC-UFG irá ofertar 20 leitos de enfermaria aos pacientes vindos da capital amazonense, que enfrenta uma grave crise de saúde pública em meio à pandemia

0
pacientes de Manaus com Covid-19, Hospital das Clínicas de Goiânia pacientes de Manaus com Covid-19, Hospital das Clínicas Goiânia Manaus Covid-19, Hospital das Clínicas Goiânia, pacientes Covid-19 Manaus
Hospital das Clínicas UFG/Ebserh em Goiânia. Foto: Secom/UFG/divulgação

Sob a coordenação do Ministério da Saúde (MS), o Hospital das Clínicas UFG/Ebserh, em Goiânia, vai receber pacientes de Manaus com Covid-19 que não encontram mais vagas para internação, devido à grave crise de saúde pública na capital amazonense em meio à pandemia.

+ Clique aqui e acompanhe todas as nossas notícias relacionadas ao coronavírus

O Hospital das Clínicas de Goiânia, que é um dos maiores dentro de uma universidade no país, irá ofertar 20 leitos de enfermaria aos pacientes.

A rede de apoio está sendo criada em todo o país após a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação, encaminhar ofício ao Ministério da Saúde disponibilizando aproximadamente 150 leitos, distribuídos em nove hospitais universitários federais que fazem parte da Rede Ebserh, a fim de ajudar o estado do Amazonas.

Além do HC-UFG, os pacientes de Manaus receberão atendimento no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA), Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (HUOL-UFRN), Hospital Universitário de Brasília da Universidade Federal de Brasília (HUB-UnB), Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI), Hospital Universitário Lauro Wanderley da Universidade Federal da Paraíba (HULW-UFPB), Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará (HUWC-UFC), Hospital Universitário da Universidade Federal de Pernambuco (HU-UFPE) e no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes da Universidade Federal de Alagoas (HUPAA-UFAL).

A expectativa é receber os pacientes para tratamento em leitos de enfermaria e UTI. A infraestrutura necessária já está sendo organizada com leitos exclusivos para pacientes com o novo coronavírus. Dos 150 leitos ofertados pela Ebserh, 22 são de UTI e os demais de enfermaria.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui