Goiânia ultrapassa meio milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19

Foram aplicadas 546.225 mil doses de vacinas contra o coronavírus até a manhã desta terça-feira (18)

0
meio milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19, Goiânia ultrapassa meio milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19, meio milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19 Goiânia, Goiânia ultrapassou a marca de meio milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19, pessoas vacinadas contra a Covid-19 em Goiânia
Foto: Jucimar Sousa/Secom Goiânia

Goiânia ultrapassou a marca de meio milhão de pessoas vacinadas contra a Covid-19. De acordo com dados divulgados pela Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), até a manhã desta terça-feira (18), 546.225 foram imunizados, sendo 345.392 com a primeira dose e 200.833 com a segunda.

+ Clique aqui e acompanhe todas as nossas notícias relacionadas ao coronavírus

No último sábado (15), o Executivo realizou o Dia D de Vacinação, com a participação de 43 postos de saúde em todas as regiões da cidade e estrutura para atender até 25 mil no dia.

Para o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, os números demonstram a dedicação e o compromisso da administração e da equipe de saúde. “É uma alegria muito grande chegar à marca dos mais de 546 mil vacinados. Temos uma equipe muito dedicada e que está imbuída a fazer o melhor dentro de nossas possibilidades. Assim seguiremos até vacinarmos cada cidadão e cada cidadã goianiense”, afirma o prefeito.

A Campanha de Vacinação contra a Covid-19 segue programação com a aplicação da primeira dose em pessoas com comorbidades a partir de 18 anos, profissionais de saúde e idosos com 60 anos que ainda não foram vacinados.

Já a segunda dose da vacina AstraZeneca está sendo aplicada em profissionais de saúde que, por algum motivo, tiveram atraso no reforço da vacina. Também segue o reforço da Coronavac para pessoas com 62 e 63 anos.

Pessoas com comorbidades

A campanha para pessoas com comorbidades continua em 13 unidades de saúde e seis escolas municipais. Enquadram-se nesta fase:

  • Pessoas com Síndrome de Down, de 18 anos a 59 anos;
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), de 18 a 59 anos;
  • Gestantes e puérperas com comorbidades a partir de 18 anos, desde que apresentando documentação que comprove a gestação, além de relatório médico comprovando a comorbidade. Necessário agendar pelo App Prefeitura 24 horas;
  • Pessoas com comorbidades, de 18 a 59 anos;
  • Pessoas com Deficiência Permanentes cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 18 a 59 anos.

Pessoas com comorbidades devem apresentar um destes documentos: laudo médico com a indicação da comorbidade; formulário disponível no site da prefeitura, carimbado e assinado pelo médico; prescrição médica da vacinação com indicação da comorbidade ou relatório da equipe de atenção primária com a cópia do prontuário do paciente.

Gestantes ou puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) precisam apresentar cópia e original de relatório médico ou prescrição médica da vacina com a indicação da comorbidade.

O grupo deve agendar o atendimento através do app Prefeitura 24 horas em um dos postos indicados no site ImunizaGyn, onde também consta a documentação necessária para vacinar.

Primeira dose para idosos com 60 anos ou mais e segunda dose para idosos de 62 e 63 anos

A primeira dose para idosos com 60 anos ou mais e reforço da Coronavac em pessoas de 62 e 63 anos são aplicados em seis escolas municipais e na Área I da PUC para pedestres, sem agendamento. Os endereços e a documentação necessária também constam no site ImunizaGyn.

Profissionais da saúde com mais de 18 anos primeira dose

Para o recebimento da primeira dose, os profissionais da saúde com 18 anos ou mais devem realizar o agendamento pelo aplicativo Prefeitura 24 horas em um dos postos indicados no site ImunizaGyn.

Segunda dose para profissionais da saúde com mais de 18 anos

Estarão recebendo a segunda dose aqueles profissionais de saúde com mais de 18 anos que, por algum motivo, estejam com atraso no reforço da vacina, ou seja, que tenham ultrapassado o aprazamento indicado pelo laboratório. Esse grupo não precisa realizar o agendamento e são disponibilizadas quatro unidades de saúde APENAS para excepcionalidades. Os endereços e a documentação necessária constam no site ImunizaGyn.


+ LEIA TAMBÉM: Prefeitura de Anápolis inicia vacinação de profissionais da educação

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui