Goiânia confirma 29 casos de varíola dos macacos e transmissão comunitária

Todos os pacientes são do sexo masculino, com idades entre 20 e 47 anos

0
varíola dos macacos, varíola dos macacos em Goiânia, casos confirmados varíola dos macacos Goiânia, transmissão comunitária varíola dos macacos, varíola dos macacos Goiânia
Foto: Pixabay

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou nesta terça-feira (2), por meio de nota, que Goiânia tem 29 casos confirmados de varíola dos macacos (Monkeypox). Todos são pacientes do sexo masculino, com idades entre 20 e 47 anos.

+ Clique aqui e acompanhe todas as nossas notícias relacionadas à varíola dos macacos

Segundo a pasta, a maioria deles tem histórico de viagem a São Paulo, Rio de Janeiro, a algum país com transmissão comprovada ou contato com pessoas que realizaram viagens a esses locais.

A SMS confirmou ainda, a transmissão comunitária na capital goiana, após pacientes que não têm histórico de viagem a locais com casos confirmados e não tiveram contato com pessoas que estiveram nesses lugares terem sido diagnosticados com a doença.

De acordo com a nota, não há casos em internação hospitalar até o momento no município. Em todas as situações, os casos suspeitos e confirmados estão sendo monitorados pelo Centro de Informações Estratégicas e Vigilância em Saúde (Cievs).

Transmissão da varíola dos macacos

A transmissão da varíola dos macacos ocorre por contato físico com alguém que tenha sintomas, contato com as lesões, crostas, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama e talheres que tenham sido utilizados por pessoas que estejam sintomáticas.

A SMS informa a população que, ao aparecerem quaisquer sinais ou sintomas, como febre alta súbita, dor de cabeça, aparecimento de inflamação de linfonodos (ínguas), erupções cutâneas e mal-estar, é necessário que o paciente procure serviço de saúde para fazer avaliação clínica necessária. Em Goiânia, todas as unidades de saúde já estão capacitadas para realização desses atendimentos.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui