Goiás anuncia 20 novos editais da Lei Aldir Blanc com R$ 50 milhões para projetos culturais

Entre as áreas contempladas estão projetos de artes visuais, artesanato, arte feminina, circo, cultura kalunga e quilombola, além de propostas focadas nas tradições e no saber goiano. Editais estarão disponíveis a partir do dia 15 de junho

0
Centro Cultural Marietta Telles Machado, exposição sobre sua própria história, exposição Centro Cultural Marietta Telles Machado, Centro Cultural Marietta Telles Machado – a Retomada para o amanhã, Centro Cultural Marietta Telles Machado Goiânia, Lei Aldir Blanc, R$ 50 milhões, Goiás anuncia 20 novos editais da Lei Aldir Blanc, editais da Lei Aldir Blanc, Lei Aldir Blanc Goiás
Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica, em Goiânia. Foto: Vinicius Martins/Revista Factual

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), divulgou o processo seletivo de projetos culturais para a captação de recursos da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural. Estão disponíveis cerca de R$ 50 milhões, divididos em 20 novos editais.

O anúncio foi feito pelo governador Ronaldo Caiado na última quarta-feira (2), no Palácio das Esmeraldas. “O setor da Cultura foi o mais penalizado por essa pandemia. Peço a participação de todos para que possamos distribuir de maneira equitativa aos segmentos culturais”, disse Caiado.

Serão contempladas as áreas de artes visuais, artesanato, audiovisual, arte feminina, pontos de cultura, circo, cultura popular, cultura kalunga e quilombola, crianças e adolescentes, dança, fomento à bibliotecas comunitárias e museus, festivais, direitos humanos, hip hop, letras, teatro e música. Projetos focados nas tradições, no saber goiano e também na trajetória da cultura do nosso povo também estão inclusos.

O chamamento foi elaborado pela Secult após reuniões com representantes do setor cultural e realização de consultas públicas, que buscaram atender os mais variados segmentos da cultura goiana.

O secretário de Estado de Cultura, César Moura, ressalta o trabalho anterior ao lançamento dos editais para capacitar os proponentes. “São 20 editais para atender especificamente os segmentos. Trabalhamos com planejamento, com lives semanais para pessoas do interior e dando capacitação para sanar qualquer dúvida. Pensamos na diversidade que o Estado possui na área cultural para atingir o maior número de pessoas”.

Os interessados devem acessar o site da Secretaria de Cultura e as redes sociais da pasta para acompanhar todas as atualizações referentes ao lançamento dos novos editais. Os editais estarão disponíveis a partir do dia 15 de junho.

Os três editais da Lei Aldir Blanc. lançados pela Secult no ano passado, beneficiaram mais de 1.530 projetos em todo o Estado. A maioria deles já está em execução e abrange diversas áreas como música, audiovisual, culinária, artes plásticas e outras.

Lei Aldir Blanc

A Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural surgiu com o objetivo de auxiliar trabalhadoras e trabalhadores da Cultura, bem como os espaços culturais brasileiros, no período de isolamento social, ocasionado pela pandemia da Covid-19.

Mais recursos

Além da operacionalização dos recursos da Lei Aldir Blanc, o Governo de Goiás, por meio da Secult, lançou em abril deste ano o processo seletivo de projetos culturais que buscam recursos do Fundo de Arte e Cultura (FAC).

O edital do FAC, no valor de R$ 2 milhões, irá contemplar locais privados ou municipais que promovam atividades culturais, eventos e festivais de arte, bem como a geração de renda aos trabalhadores da cultura. A ação é mais um suporte do governo do Estado para o segmento cultural no enfrentamento à pandemia.

As inscrições ao certame estão abertas e podem ser feitas pela plataforma digital Mapa Goiano até dia 7 de junho. Para participar do edital é preciso que o candidato esteja cadastrado no Mapa Goiano.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui