Fica 2021: em formato híbrido, 22ª edição do festival começa no dia 14 de dezembro

Evento contará com produções brasileiras, além de filmes da França, Reino Unido, Sérvia e Irã. Festival comemorará ainda, os 20 anos da conquista do título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco à Cidade de Goiás

0
Fica 2021, Fica, Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental,
Foto: divulgação

Começa no dia 14 de dezembro, a 22ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica). Devido ao cenário atual, o evento será realizado no formato híbrido, com atividades presenciais e on-line.

Em 2020, ano em que foi declarada a pandemia de Covid-19, o festival ocorreu apenas na modalidade virtual.

O Fica 2021 contará, além de produções brasileiras, com filmes da França. Reino Unido, Sérvia e Irã, selecionados para concorrer durante o evento. Todas as obras vão receber um valor pela exibição e os vencedores das mostras receberão prêmios que vão de R$ 2 mil a R$ 30 mil.

Segundo o gerente de Fomento ao Audiovisual e Criatividade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Wellington Dias, o total dos prêmios ultrapassa R$ 200 mil. Também foram disponibilizados R$ 222 mil para o pagamento dos artistas locais da Cidade de Goiás. O valor representa mais do que o disponibilizado pelo Ministério do Turismo e o Governo Federal para a cidade, por meio da Lei Aldir Blanc.

Neste ano, o Festival contará com quatro mostras: Washington Novaes, que contempla filmes (curtas e longas-metragens) de todo o mundo com temática ambiental; Cinema Goiano, que apresentará curtas-metragens goianos; Becos da Minha Terra, novidade nessa edição, com curtas-metragens apenas de produtores vilaboenses e a Videoclipes, que também estreia na edição de 2021, e reproduzirá produções em formato de videoclipe. A cerimônia de encerramento terá como atração o cantor e compositor Renato Teixeira.

De acordo com Wellington Dias, o festival registrou este ano total de 600 inscrições, das quais 52 foram selecionadas para concorrer aos principais prêmios. “Nós temos filmes para a mostra principal, a Washington Novaes, mas temos ainda Becos da Minha Terra, a mostra do cinema goiano”, explicou.

O Fica 2021 vai comemorar ainda os 20 anos da conquista do título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) à Cidade de Goiás. O evento é uma co-realização entre o governo de Goiás, por meio da Secult, e o Sesc Goiás.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui