Goiás receberá jogos da Copa América, diz Bolsonaro

Entretanto, o governador Ronaldo Caiado disse que, após conversar com sua equipe técnica, determinou uma série de condições para que as partidas sejam realizadas em Goiânia

0
Copa Master de Futebol, Copa Master, esporte goiano, tabela da Copa Master de Futebol, futebol goiano, Copa América, Goiás receberá jogos da Copa América, Goiás será uma das sedes, Jogos em Goiás, Copa América em Goiás
Estádio Olímpico, em Goiânia. Foto: Lailson Damásio/Governo de Goiás

É oficial! A Copa América será disputada no Brasil e Goiás vai ser uma das sedes do evento esportivo no país. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (1º), pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que deu o assunto por encerrado, mesmo em meio à onda de críticas que o governo tem recebido por decidir sediar a competição.

LEIA TAMBÉM:

“Escolhemos as sedes em comum acordo, obviamente, com os governadores. Agora, já tivemos quatro governadores: aqui de Brasília, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Goiás. E mais um agora, que chegou um pouco atrasado, também se prontificando a sediar a Copa América. Então, ao que tudo indica, prezado [Marcelo] Queiroga [ministro da Saúde], seguindo os mesmos protocolos, o Brasil sediará a Copa América”, disse Bolsonaro.

A informação também foi divulgada pelo ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos, em seu perfil no Twitter. “Confirmada a Copa América no Brasil. Venceu a coerência! O Brasil que sedia jogos da Libertadores, Sul-Americana, sem falar nos campeonatos estaduais e brasileiro, não poderia virar as costas para um campeonato tradicional como este. As partidas serão em MT, RJ, DF e GO, sem público”, escreveu.

De acordo com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), as datas de início e final da Copa América – 13 de junho e 10 de julho de 2021, respectivamente – estão confirmadas.

Jogos em Goiás

Também nas redes sociais, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), se manifestou sobre o assunto. Após o Estado ter sido consultado sobre a disponibilidade para receber jogos da Copa América, ele disse ter conversado com sua equipe técnica e determinado uma série de condições para que os jogos sejam realizados em Goiânia.

As medidas definidas pelo governador estabelecem que todas as partidas e treinos não contem com torcida e que seja montado um sistema estilo ‘bolha’, para proteger atletas, arbitragem, comissão técnica, imprensa e todos os envolvidos direta e indiretamente com o processo.

O governador também determinou que a Conmebol vacine todos os envolvidos na competição. “Além disso, não aceitamos gastar um centavo com a competição. Qualquer investimento de infraestrutura será por conta deles. Inicialmente, os jogos serão no Estádio Olímpico, sem público. E o Serra Dourada vai servir de suporte”, pontuou o chefe do executivo estadual, que afirmou que todas as exigências foram aceitas.

Segundo Caiado, o assunto não deve ser politizado. “Não podemos politizar esse assunto de Copa América. Porque estamos tendo Campeonato Brasileiro, Sul-Americana, Libertadores e Eliminatórias. Tivemos estaduais. Qual a diferença se protocolos até mais rígidos de segurança serão tomados? É preciso pensar na saúde e ter coerência”, declarou.

Posicionamento da Prefeitura de Goiânia

Em nota à imprensa, o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), disse ter recebido uma ligação do governador Ronaldo Caiado nesta terça-feira, para consultá-lo sobre a realização da Copa América em Goiás.

O prefeito lembrou que os estádios da capital são geridos pelo Estado e que, estabelecidos protocolos sanitários seguros, é favorável à realização do torneio, assim como ocorreram partidas dos campeonatos nacionais da Série A e B, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil em Goiânia.

Entenda

Prevista para ocorrer na Argentina e na Colômbia, a Copa América 2021 teve sua suspensão em território argentino anunciada pela Conmebol na noite do último domingo (30). A decisão foi motivada pelo cenário da pandemia da Covid-19 no país.

Na Colômbia, a realização do torneio foi descartada no último dia 20 de maio, devido à tensão social entre manifestantes e policiais, por conta de protestos contra o governo.

A transferência da Copa América para o Brasil foi anunciada na manhã desta segunda-feira (31) pela entidade, que agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), responsáveis pelo aval para a realização do evento esportivo no país.

Participam da competição os 10 países sul-americanos membros da Conmebol. São eles: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

A estreia da Seleção Brasileira na Copa América está marcada para o dia 14 de junho, uma segunda-feira, às 20 horas, contra a Venezuela, pelo Grupo A. Os adversários seguintes são o Peru, a Colômbia e o Equador.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui