Copa América: Estádio Olímpico recebe cinco jogos da primeira fase; Brasil enfrenta Equador em Goiânia

Partida será no dia 27 de junho. Confira a tabela com todos os duelos da competição

0
Estádio Olímpico, Copa América, Brasil enfrenta Equador em Goiânia, Copa América 2021, Copa América Goiânia
Estádio Olímpico, em Goiânia. Foto: Mantovani Fernandes/Seel

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou a tabela de jogos da Copa América 2021 após a transferência do torneio esportivo para o Brasil. Em solo brasileiro, a competição contará com quatro sedes: Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Rio de Janeiro (RJ).

LEIA TAMBÉM:

Na primeira fase, Goiânia receberá cinco partidas, todas no Estádio Olímpico. Pelo grupo A, o único duelo será entre Paraguai e Bolívia, que se enfrentam no dia 14 de junho, às 21 horas.

Já pelo grupo B, outros quatro jogos serão disputados na capital goiana: Colômbia x Venezuela, no dia 17 de julho, às 18 horas; Colômbia x Peru, em 20 de junho, às 21 horas; Equador x Peru, no dia 23 de junho, às 18 horas e, por fim, a Seleção Brasileira entrará em campo contra o Equador no dia 27 de junho, às 18 horas.

Estão previstas ainda para o Estádio Olímpico, duas partidas das quartas de final da Copa América, nos dias 2 e 3 de julho. A grande final ocorrerá no Maracanã, no Rio de Janeiro, no dia 10 de julho, às 21 horas.

Com a mudança de sede, a estreia da Seleção Brasileira no torneio agora será no dia 13 de junho, às 18 horas, contra a Venezuela, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pelo Grupo B. Os adversários seguintes são o Peru, a Colômbia e o Equador.

Veja a seguir, a tabela completa de jogos da Copa América 2021 no Brasil:

GRUPO A

14 de junho

  • Argentina x Chile – Nilton Santos (Rio de Janeiro) – 18h
  • Paraguai x Bolívia – Estádio Olímpico (Goiânia) – 21h

18 de junho

  • Chile x Bolívia – Arena Pantanal (Cuiabá) – 17h (Hora local de Cuiabá)
  • Argentina x Uruguai – Estádio Mané Garrincha (Brasília) – 21h

21 de junho

  • Uruguai x Chile – Arena Pantanal (Cuiabá) – 17h (Hora local de Cuiabá)
  • Argentina x Paraguai – Mané Garrincha (Brasília) – 21h

24 de junho

  • Bolívia x Uruguai – Arena Pantanal (Cuiabá) – 17h (Hora local de Cuiabá)
  • Chile x Paraguai – Mané Garrincha (Brasília) – 21h

28 de junho

  • Uruguai x Paraguai – Nilton Santos (Rio de Janeiro) – 21h
  • Bolívia x Argentina – Arena Pantanal (Cuiabá) – 20h (Hora local de Cuiabá)

GRUPO B

13 de junho

  • Brasil x Venezuela – Mané Garrincha (Brasília) – 18h
  • Colômbia x Equador – Arena Pantanal (Cuiabá) – 20h (Hora local de Cuiabá)

17 de junho

  • Brasil x Peru – Nilton Santos (Rio de Janeiro) – 21h
  • Colômbia x Venezuela – Estádio Olímpico (Goiânia) – 18h

20 de junho

  • Venezuela x Equador – Nilton Santos (Rio de Janeiro) – 18h
  • Colômbia x Peru – Estádio Olímpico (Goiânia) – 18h

23 de junho

  • Brasil x Colômbia – Nilton Santos (Rio de Janeiro) – 21h
  • Equador x Peru – Estádio Olímpico (Goiânia) – 18h

27 de junho

  • Brasil x Equador – Estádio Olímpico (Goiânia) – 18h
  • Venezuela x Peru – Mané Garrincha (Brasília) – 18h

Quartas de final

2 de julho

  • 1B x 4A – Nilton Santos (Rio de Janeiro) – 21h
  • 2B X 3A – Estádio Olímpico (Goiânia) – 18h

3 de julho

  • 1A x 4B – Estádio Olímpico (Goiânia) – 22h
  • 2A x 3B – Mané Garrincha (Brasília) – 19h

Semifinais

5 de julho

  • Nilton Santos (Rio de Janeiro) – 22h

6 de julho

  • Mané Garrincha (Brasília) – 22h

Terceiro lugar

9 de julho

  • Mané Garrincha (Brasília) – 21h

Final

10 de julho

  • Estádio Maracanã (Rio de Janeiro) – 21h
Tabela da Copa América 2021. Foto: divulgação/Conmebol

Recomendação do Ministério Público

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) expediu recomendação ao Estado de Goiás para que adote medidas contrárias ao recebimento de eventos relacionados à Copa América. A recomendação ministerial é baseada em deliberação do Centro de Operações Emergenciais (COE) em Saúde Pública de Goiás para Enfrentamento ao Coronavírus, que se posicionou unanimemente contrário à realização da competição no Estado, em reunião realizada nesta quarta-feira (2).

O documento, endereçado ao governador Ronaldo Caiado pelo procurador-geral de Justiça Aylton Flávio Vechi, e enviado também ao secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, é assinado pelos promotores de Justiça com atuação na área de Saúde em Goiânia Marcus Antônio Ferreira Alves, Heliana Godói de Sousa Abrão, Marlene Nunes Freitas Bueno e Joel Pacífico de Vasconcelos.

Na recomendação, os membros do MP-GO citam a alta taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e enfermaria nos hospitais estaduais, municipais e privados de Goiânia destinados a tratar casos de Covid-19. Citam ainda os decretos municipais da capital, que restringem inúmeras atividades comerciais com o objetivo de evitar aglomerações.

De acordo com o MP, na terça-feira (1º), recomendação no mesmo sentido foi enviada pela 88ª Promotoria de Justiça ao Município de Goiânia, nas pessoas do prefeito Rogério Cruz e do secretário de Saúde, Durval Pedroso.

O Conselho Estadual de Saúde emitiu nota de repúdio à realização da competição. Foi fixado um prazo de cinco dias para que o Estado informe sobre as providências adotadas.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui