Com golaço, Biancucchi dá vitória ao Vila Nova sobre o Santa Cruz, no OBA, em Goiânia

Tigrão segue 100% jogando em casa e está na quarta colocação, com oito pontos

0
Vila Nova, Vila Nova e Santa Cruz, Biancucchi, Vila Nova e Santa Cruz goiania, resultado Vila Nova e Santa Cruz
Foto: Douglas Monteiro / Vila Nova F.C.

O Vila Nova recebeu o Santa Cruz na noite deste sábado (5), em partida válida pela quinta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, o Tigrão venceu o confronto com um golaço de Emanuel Biancucchi, aos 7 minutos do primeiro tempo.

O único gol da partida foi marcado após cobrança de falta de Dudu, na barreira. Biancucchi  aproveitou o rebote e anotou para o colorado. O Santa Cruz tentou reverter a situação, mas o sistema defensivo vilanovense mostrou eficiência.

Dessa forma, o Vila segue 100% jogando em Goiânia e no OBA. Com o resultado, o Tigrão acumula oito pontos e está na quarta colocação. O Santa Cruz segue líder, com 10 pontos, mas pode ser ultrapassado neste domingo (6), pelo Ferroviário, que enfrenta o Manaus.

O próximo desafio do Vila Nova é no sábado (12), quando a equipe comandada pelo técnico Bolívar vai até a Paraíba, onde enfrenta o Botafogo-PB, às 17 horas, no estádio José Américo de Almeida Filho (Almeidão).

Confira o golaço de Biancucchi a seguir:

FICHA TÉCNICA

Vila Nova 1 x 0 Santa Cruz
5ª rodada da Série C 2020 – Campeonato Brasileiro

Data: sábado, 5 de setembro de 2020
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA); Goiânia (GO)
Horário: 19h

Gol: Emanuel Biancucchi (7’ do 1º tempo) (VILA)
Cartões Amarelos: Mário Henrique, Rodrigo Alves, Fabrício, Gilsinho (VILA); Didira, Denilson, Chiquinho (STC)

Vila Nova: Fabrício; Jonh Lennon, Rafael Donato, Adalberto e Mário Henrique; Dudu (Derli), Pablo e Emanuel Biancucchi (Pedro Bambu); Talles (Rodrigo Alves), Lucas Silva (Gilsinho) e Henan (Rafhael Lucas).
Técnico: Bolívar

Santa Cruz: Maycon Cleiton; Júnior (Jeremias), Danny Morais, William Alves (Denilson) e Célio Santos (Augusto Potiguar); André (Tinga), Paulinho, Chiquinho e Didira; Jáderson e Victor Rangel (Negueba).
Técnico: Itamar Schülle

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui