Amaury Menezes e G. Fogaça abrem exposição “Roteiros” dia 20 no MAG

0
Amaury e Fogaça, autores das obras da exposição "Roteiros". Foto: Valdemy Teixeira

A exposição Roteiros, dos artistas plásticos goianos Amaury MenezesG. Fogaça, desembarcará no Museu de Arte de Goiânia (MAG) a partir do dia 20 de setembro. A mostra ocupará a Sala Reinaldo Barbalho e terá 24 obras de formatos e técnicas variadas, sendo 12 de cada artista. A abertura será realizada às 20 horas.

Roteiros foi apresentada parcialmente em Santiago (Chile) entre maio e junho deste ano. Fruto de intercâmbio cultural que a produção do evento mantém com o país desde 2006, a exposição teve 20 obras de Amaury Menezes e G. Fogaça levadas para a capital chilena. Em Goiânia, a mostra terá quatro telas a mais. Da capital do Estado, Roteiros viajará para Venezuela, Bélgica e outros países.

A produção da mostra é de Malu da Cunha. PX Silveira assina a curadoria. O projeto tem apoio do Fundo de Arte e Cultura de Goiás e da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Goiânia.

PX Silveira avalia:
“Em comum estes dois artistas têm o fato de viverem na mesma cidade e fazerem dela o material de suas telas. E para por aí. Embora a base temática seja a mesma, os resultados são díspares, opostos, desritmados e assimétricos. (…) As obras falam por si. Não é preciso de guia algum para percebemos o abismo entre elas. Abismo entre o lúdico e o caos. Entre o lazer e o trabalho. Entre o idílico e a realidade. Entre a natureza e o asfalto. O sussurro e o grito. A harmonia e o ruído. A estridência e a paz. (…) Dispostas em duas metades de uma mesma exposição, estas obras configuram uma encruzilhada em que, ao contrário dos artistas que escolheram seus caminhos, permite ao expectador, quem sabe!, a criação de um caminho próprio, que evite os extremos e seja mais cabível a seu espírito. Ou não.”

O período de visitação pública terá início no dia 21 de setembro e se estenderá até 6 de novembro de 2016, sempre com entrada franca. O MAG desenvolve atividades educativas voltadas para grupos. Escolas, entidades e outras organizações podem agendar visitas pelos telefones (62) 3524­-1196 e 3524­-1189.

Quem é Amaury Menezes
José Amaury de Menezes nasceu em 25 de julho de 1930, em Luziânia, Goiás. Cursou a Escola Goiana de Belas Artes da Universidade Católica de Goiás, sob a orientação dos professores Frei Confaloni, DJ Oliveira, Gustav Ritter e Luiz Curado. A partir de 1961 foi professor e mais tarde primeiro diretor do Departamento de Artes e Arquitetura da Universidade Católica de Goiás (hoje PUC Goiás). Participou de inúmeras exposições no Brasil e no exterior. Em 1990, recebeu o Prêmio Lucien Martial Salon, concedido pela Societé Internationale des Beaux Arts (Paris/França).

Obra de Amaury Menezes. Foto: divulgação.
Obra de Amaury Menezes. Foto: divulgação.

Quem é G. Fogaça
Gerson Fogaça nasceu na Cidade de Goiás, em 1967. Participou de exposições individuais e coletivas no Chile, na Bolívia, na Venezuela, na Argentina, em Cuba, na Espanha e na Alemanha, além de Goiânia, Brasília, Campinas, Rio de Janeiro e São Paulo, no Brasil.

obra_gfogaca_4
Obra de G. Fogaça. Foto: divulgação.
[otw_shortcode_divider margin_top_bottom=”30″ text=”Serviço” text_position=”otw-text-center”][/otw_shortcode_divider]

convite-mag

Exposição “Roteiros”
Abertura: 20 de setembro de 2016, às 20 horas
Visitação: 21 de setembro a 6 de novembro de 2016
Local: Museu de Arte de Goiânia / Sala Reinaldo Barbalho (Rua 1, no 605, Bosque dos Buritis, Setor Oeste. Goiânia ­ GO)
Entrada franca
Horários de visitação: terça a sexta, das 9 às 12 e das 13 às 17 horas; sábados, domingos e feriados, das 10 às 16 horas
Agendamento de grupos: (62) 3524­-1196 e 3524­-1189

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui