Sindicato dos Proprietários de Pit-Dogs, Lanches e Similares cobra mais investimentos no segmento

0
sindpit-dog

O presidente do Sindicato dos Proprietários de Pit-Dogs, Lanches e Similares, Ademildo Pereira Godoy, cobra mais investimentos no segmento de alimentação. O presidente cita lei complementar que altera Código de Posturas do Município de Goiânia. A lei permite ampliar as áreas de pit-dogs e similares até, no máximo cinco metros de comprimento e dois e meio de largura. De acordo com proposta, a ampliação só será possível se os estabelecimentos tiverem instalações sanitárias.

Segundo Ademildo, a alteração foi muito positiva em muitos aspectos, pois possibilitou que mais de 17 pit-dogs revitalizados fossem legalizados. No entanto, acredita que sejam necessárias mais ações do Poder Público para incentivar novas melhorias estruturais e na qualidade dos serviços oferecidos no segmento da alimentação. “A redação da lei complementar restringe a revitalização apenas aos que já possuem instalações sanitárias, ou seja, apenas estes estabelecimentos foram beneficiados pelo projeto. A forma de apresentar os projetos também ficou mais complexa, pois, agora, os croquis não podem ser feitos pelos próprios proprietários”, afirma.

O objetivo do Sindicato é revitalizar os pit-dogs do município, colocando todos os estabelecimentos ao molde do projeto implantado na Rua 10, Setor Central, com alvenaria e instalações sanitárias. “Os pit-dogs fazem parte da vida dos goianos. Por isso, mais investimentos no segmento representam mais conforto e qualidade de atendimento aos clientes, além da facilidade na manutenção dos pit-dogs. Os donos dos estabelecimentos poderão contratar mais profissionais, aumentando, assim, a oferta de emprego e renda”, pontua o presidente do Sindicato.

Ademildo Godoy - Presidente do Sindicato dos Proprietários de Pit-Dogs, Lanches e Similares
Ademildo Godoy – Presidente do Sindicato dos Proprietários de Pit-Dogs, Lanches e Similares. Foto: divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui