Governo de Goiás lança mais 4 mil vagas para CNH Social

Anúncio foi feito nesta sexta-feira (18). Iniciativa atende pessoas que não tem condições de arcar com taxas e custos da Carteira Nacional de Habilitação

0
CNH Social, CNH Social Goiás, 4 mil vagas CNH Social Goiás, inscrições CNH Social Goiás, vagas CNH Social Goiás
Foto: reprodução/internet

Durante evento de abertura da Semana Nacional de Trânsito em Goiás, realizado nesta sexta-feira (18), no auditório do Detran-GO, o governador Ronaldo Caiado anunciou o lançamento de mais 4.014 vagas para a CNH Social.

O programa é uma oportunidade para habilitação, mudança ou adição de categoria da Carteira Nacional de Habilitação exclusivas para população de baixa renda. A iniciativa atende pessoas que não tem condições de arcar com todas as taxas e custos. Os investimentos somam R$ 7,47 milhões.

Inscrições

Os interessados em participar do programa tem até o dia 17 de outubro para se inscrever. O cadastro deve ser feito a partir desta sexta-feira, exclusivamente pelo site do Detran. Cada pessoa poderá se candidatar em apenas uma das modalidades, divididas em estudantil, urbana e rural.

O programa oferece a isenção das taxas do Detran-GO, como a Inclusão no Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach), Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica e agendamento de exame prático.

Dessa forma, os beneficiados também ficarão isentos de pagar pelos exames médico e psicológico, junta médica, quando se tratar de candidato com deficiência, e toxicológico, exigido para categoria profissional. Por meio de parcerias, são oferecidos ainda o curso teórico, de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes.

Investimentos e critérios

Na primeira etapa do programa, o Governo de Goiás investiu R$ 3,74 milhões (incluindo desembolso financeiro e isenção das taxas). Agora, a previsão é que sejam demandados investimentos de R$ 7,47 milhões para beneficiar 1.206 pessoas com CNH categoria “A” (motocicleta), 804 para categoria “B” (automóvel), 501 para adição de categoria “A”, 501 para adição de categoria “B” e 1.002 para mudança de categoria “B” para “D” (ônibus).

A nova etapa traz regras mais humanizadas e socialmente adequadas para o desempate dos candidatos inscritos. Na categoria estudantil, por exemplo, substitui-se a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pela média obtida no ensino médio da rede pública estadual de Goiás, apurada pela Secretaria de Estado da Educação.

Também são critérios de desempate entre os candidatos inscritos renda familiar per capita, número de componentes do grupo familiar, existência de benefício social, data e hora da inscrição e idade.

Governador Ronaldo Caiado no evento de abertura da Semana Nacional de Trânsito em Goiás, em que anunciou nova etapa do programa CNH Social, com mais 4.014 vagas. Foto: Júnior Guimarães

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui