CityBus 2.0: Goiânia recebe serviço de transporte público coletivo por aplicativo

Pioneiro na América Latina, projeto baseado no conceito universal de microtransporte conta com tarifa flexível, por distância percorrida, a partir de R$ 2,50

0
CityBus 2.0, transporte público, Goiânia, aplicativo, HP Transportes
Foto: divulgação.

A partir do dia 11 de fevereiro, o transporte público coletivo de Goiânia contará com uma novidade, a fase de testes do projeto CityBus 2.0, o primeiro transporte público coletivo por aplicativo de celular da América Latina. O download do aplicativo estará disponível nos smartphones para os sistemas Android e iOS. Após o cadastro, o usuário poderá solicitar a sua viagem e se deslocar para o ponto virtual indicado no aplicativo, onde fará o embarque para utilizar o serviço.

A implantação do serviço é marcada pelo seguinte cenário local: com mais carros nas vias, a velocidade do tráfego dos ônibus reduziu em mais de 30% nos últimos 5 anos chegando a 8 km/h em algumas das principais avenidas, fazendo com que o transporte público coletivo seja menos atrativo à população. O CityBus 2.0 atende a uma necessidade de deslocamento para curtas distâncias, no conceito universal de microtransporte.

Goiânia é a primeira cidade da América Latina beneficiada pela iniciativa, já que o City Bus 2.0 se propõe a ser mais rápido, seguro e confortável para viagens coletivas. Neste sentido, a HP dá um passo à frente e demonstra que o transporte público coletivo e a tecnologia devem ser aliados, pois a empresa é pioneira no setor com investimento numa modalidade que já está em operação em mais de 50 cidades ao redor do mundo e que une o conceito de transporte sob demanda com deslocamento de curtas distâncias em prol de seus novos usuários, que buscam formas mais modernas e eficientes de locomoção.

Segundo a diretora Executiva da HP Transportes, Indiara Ferreira, “Todos temos responsabilidade com o trânsito e isso é fundamental para as mudanças urgentes que precisam acontecer no sistema. Os olhos precisam ser voltados para a priorização do coletivo”, salienta.

O Diretor de Transportes da HP, Hugo Santana, revela que para colocar os 14 miniônibus nas ruas, a HP investiu em inovação para desenvolver o serviço que será realizado em parceria com a Via, que oferta a experiência da sua plataforma digital em 50 cidades dos Estados Unidos, Europa, Ásia e Oceania”. Nessa jornada de inovação que durou cerca de dois anos, eles integraram ao Hub de inovação Gyntec/Pontoget em Goiânia. “Nesse período, parte da equipe da HP Transportes foi capacitada em metodologias que garantiram o desenvolvimento deste novo projeto. Em dois anos, a HP investiu cerca de R$ 5 milhões para a aplicabilidade do serviço e aquisição dos veículos, que, em sua fase piloto, irá empregar a mão de obra inicial de 30 motoristas com capacidade para atendimento de até 3.500 viagens por dia”, reforça Hugo.

A Via conta com mais de 40 milhões de viagens concluídas. “Estamos entusiasmados em fazer essa parceria com a equipe inovadora da HP para trazer a tecnologia da Via para o Brasil”, afirmou Daniel Ramot, CEO e co-fundador da Via. “O serviço CityBus 2.0 mostra como o transporte público coletivo e a tecnologia podem trabalhar juntos para tornar uma cidade mais inteligente. Os moradores de Goiânia agora têm uma maneira confortável, conveniente e acessível de se movimentar. Este é, de fato, um grande exemplo de uma cidade abraçando o futuro da mobilidade”.

Nesta primeira fase, o atendimento do City Bus 2.0 será delimitado, no aplicativo, em uma área geográfica virtual denominada “Centro Expandido” que engloba 9 bairros como os Setores Central, Sul, Jardim Goiás, Universitário, Leste Vila Nova, Bueno, Oeste, Nova Suíça e Bela Vista. De segunda a sábado, das 6 às 23 horas, o usuário solicita a sua viagem em tempo real, monitora a localização do veículo, com identificação do motorista, placa do miniônibus e, ainda avalia como foi a sua experiência. As paradas serão feitas em pontos virtuais. As linhas e horários são flexíveis.

Mapa Centro Expandido do City Bus 2.0. Foto: divulgação.

Todos os veículos são modernos, da marca Mercedes-Benz, zero km, confortáveis, portas automáticas, refrigerados com ar condicionado e acomodam 14 passageiros. A tarifa terá o valor mínimo inicial de R$ 2,50 e é variável pela distância percorrida pelo usuário. Ao fazer a solicitação, o aplicativo calcula a distância e informa o valor da viagem. O pagamento poderá ser feito pelo cartão de crédito ou em dinheiro.

HP Transportes

Criada em 1969, a empresa atua no segmento de transporte público coletivo na Região Metropolitana de Goiânia. Atualmente, a HP Transportes oferta mais de 2.200 viagens por dia útil, transportando 130 mil passageiros por dia, nas 136 linhas compartilhadas que servem ao Arco Sul da Região Metropolitana de Goiânia que inclui Goiânia, Aparecida de Goiânia, Hidrolândia e Aragoiânia, percorrendo mais de 65.000 km/dia. A empresa emprega 1.100 colaboradores diretos, e gera aproximadamente 4.000 empregos indiretos.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui