Cruzamento das avenidas Goiás e Paranaíba é liberado

Com a medida, trecho entre a Rua 55 e Avenida Paranaíba também está aberto para o tráfego

0
Cruzamento avenidas Goiás e Paranaíba liberado, avenidas Goiás e Paranaíba, obras BRT, tráfego, Goiânia
Foto: divulgação

Após o fim das obras para a construção da pista do BRT e também da rede de drenagem no cruzamento das avenidas Goiás e Paranaíba, no Setor Central, o trecho está liberado para o trânsito desde a manhã desta sexta-feira (25).

O cruzamento havia sido interditado no último dia 25 de setembro para a construção de mais uma etapa das obras na pista Norte-Sul da Avenida Goiás, entre as avenidas Paranaíba e Anhanguera.

Com a liberação do cruzamento, o trecho entre a Rua 55 e Paranaíba também será aberto para o tráfego, completando, assim, a liberação total do trecho da Avenida Independência e Avenida Paranaíba, que começou a ser liberado no fim de setembro.

Agora, os cruzamentos da Avenida Goiás com as ruas 4 e 5 serão interditados e os motoristas terão como alternativa de rota os desvios já implantados no local.

Rede de drenagem e BRT

A rede de drenagem completa tem 2,6 km e vai da Praça Cívica ao Setor Norte Ferroviário. O projeto é parte integrante do complexo do BRT e conta com orçamento na ordem de R$ 7,8 milhões.

Os trabalhos de construção tiveram início em maio e, por ser o trecho mais complexo, começaram pela Rua 4, no Setor Norte Ferroviário. De lá, seguiu pela Avenida Oeste, no Setor Marechal Rondon, pela Rua 74 e a Avenida Goiás, onde cruzou a Avenida Independência para chegar até à Praça Cívica.

Durante as obras da rede de águas pluviais, a Avenida Goiás vem sendo requalificada e preparada para a operação do BRT, com a construção das estações de embarque e desembarque de passageiros, implantação de pavimentos rígidos e flexíveis e a completa revitalização da sinalização de trânsito – horizontal, vertical e semafórica, com semáforos inteligentes.

As calçadas estão sendo readequadas, conforme as normas de acessibilidade e arborizadas, com a troca das espécies que estiverem condenadas; uma iluminação de LED será adotada em toda a via.

O prazo para conclusão da obra, no sentido Norte-Sul, é dezembro deste ano e toda a rede, da Praça Cívica até a Rua 4, no Setor Norte Ferroviário, deverá estar pronta em agosto de 2020. Com a rede de drenagem, a prefeitura soluciona o problema de alagamentos e enchentes em grande parte da região Central de Goiânia.

O orçamento para a execução das obras nesse trecho da Goiás até a Praça Cívica é de R$ 40,575 milhões, sendo: Drenagem: R$ 7,775 milhões; Pavimento Rígido: R$ 17,194 milhões; Pavimento Flexível: R$ 3,468 milhões; Obras complementares: R$ 10,178 milhões; e Estações: R$ 1,960 milhões.

WhatsApp Factual

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui