Black Friday 2020: Procon Goiás terá plantão com fiscais em três shoppings da Grande Goiânia

Equipes trabalharão para verificar possíveis infrações e irregularidades como divergências de preços de produtos

0
Black Friday 2020, Black Friday 2020 Goiânia, Black Friday em Goiânia, Black Friday 2020 em Goiânia, Procon Black Friday 2020
Foto: reprodução/internet

Os setores de atendimento e de fiscalização do Procon Goiás terão ações voltadas para a Black Friday 2020, data que promete movimentar o comércio nesta sexta-feira (27), em Goiânia e Região Metropolitana. Os fiscais trabalharão em regime de plantão neste dia para apurar todas as denúncias dos consumidores que chegarem pelos canais de atendimento 151 (telefone) e Procon Web (internet).

Pela primeira vez, fiscais do órgão estarão em postos instalados em três shoppings centers da Capital e de Aparecida de Goiânia para fazer o atendimento in loco, em caso de irregularidades como a divergência de preços de produtos. Outra equipe estará na sede do órgão para se deslocar para as demais regiões da capital e de Aparecida, a fim de verificar possíveis infrações.

“Como essa é uma data muito esperada para alavancar o comércio, que amarga uma crise histórica em decorrência da pandemia, esperamos que os fornecedores sejam conscientes e respeitem o Código de Defesa do Consumidor. A ação nos shoppings, que recebem um fluxo considerável de consumidores, tem caráter inédito. Nosso foco será dar uma resposta quase que imediata àqueles que nos acionarem, uma vez que estaremos em pontos estratégicos.”, afirma o superintendente do Procon Goiás, Allen Viana.

As práticas mais recorrentes nesta época são a chamada maquiagem de preço, que ocorre quando os comerciantes elevam o valor dos itens na véspera da Black Friday para simular um desconto, e a não entrega do produto, observada principalmente nas compras on-line que devem registrar um grande volume de vendas como legado da pandemia.

Para evitar que os consumidores sejam prejudicados, o Procon Goiás se antecipou e realizou um levantamento de preços em 50 estabelecimentos comerciais localizados em Goiânia e Aparecida, incluindo grandes redes varejistas que aderiram à campanha de promoções, para garantir que seja feita a comparação dos valores. Caso seja constatado aumento, o estabelecimento deverá ser denunciado ao Procon.

Também é possível fazer a comparação com a pesquisa semelhante realizada para a Semana Brasil, em setembro deste ano, quando 82 lojas foram visitadas. As planilhas de preços estão disponíveis no site do Procon Goiás.

Os canais de atendimento serão reforçados para o recebimento de denúncias, tanto aquelas originadas nas lojas físicas quanto nas virtuais (sites). É importante destacar que os fiscais também realizaram um monitoramento prévio de anúncios de diversos produtos nos sites para efeitos de comparação de preços e auxílio do consumidor.

Aglomerações

Apesar de ser um dia bastante esperado pelos consumidores por causa das promoções, o Procon Goiás recomenda que evitem aglomerações no comércio para se prevenirem contra a Covid-19, além de usarem o álcool gel e as máscaras. Se possível, deem preferência às compras on-line.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui