Passeio das Águas Shopping, em Goiânia, passa a cobrar tarifa de estacionamento a partir desta segunda-feira (25)

Inaugurado há oito anos, o local era um dos únicos na capital que ainda não havia adotado a cobrança

0
Passeio das Águas Shopping, tarifa de estacionamento, Passeio das Águas, cobrança de estacionamento, cobrança de estacionamento Passeio das Águas
Fachada do Passeio das Águas Shopping, em Goiânia. Foto: divulgação

O Passeio das Águas Shopping, localizado no Jardim Diamantina, Região Norte de Goiânia, passou a cobrar tarifa de estacionamento nesta segunda-feira (25). O centro de compras era um dos únicos da capital que ainda não havia adotado esta cobrança e manteve a gratuidade por oito anos, desde sua inauguração.

De acordo com a administração do shopping, os preços serão cobrados da seguinte maneira: carros terão tarifa única de R$ 5. Motos pagarão R$ 2 de segunda à sexta-feira e R$ 4 aos sábados, domingos e feriados. A tarifa é válida pelo período de 12 horas a contar do momento de entrada no estacionamento, que conta com 4 mil vagas.

Os clientes poderão pagar nos guichês de estacionamento, com dinheiro, cartão de crédito e cartão de débito. Pelos terminais de autoatendimento, o pagamento ocorre com cartão de crédito, cartão de débito e Pix. Há ainda, a modalidade de tags de cobrança automática: Sem Parar, Veloe, ConectCar e Greenpass. Cheques não são aceitos.

Gratuidade

De segunda a quinta-feira até às 14 horas, clientes poderão ser isentos da cobrança de estacionamento desde que realizem compras a partir de R$ 60. A isenção ocorrerá mediante apresentação do cupom ou nota fiscal nos guichês de pagamento do estacionamento localizados nas entradas/saídas dos estacionamentos cobertos ‘marrom’ e ‘laranja’.

Esta opção, porém, não estará disponível em dias de feriados municipais, estaduais ou nacionais. Confira, a seguir, demais regras para a gratuidade.

Não serão aceitos:

  • Cupons/notas fiscais com datas diferentes ao dia da isenção;
  • Comprovantes de pagamentos;
  • Cupons/notas fiscais ilegíveis;
  • Cupons/notas fiscais rasuradas, danificadas ou rasgadas (a ponto de impossibilitar a leitura e verificação);
  • A isenção é ‘única e individual’ por cupom/nota apresentado, não podendo ser realizada a isenção de mais de um cartão de estacionamento. Exemplo: caso apresente uma nota no valor de R$ 120, só será isentado um único cartão de estacionamento.

Repercussão

A instituição da tarifa de estacionamento pelo shopping gerou questionamentos de clientes nas redes sociais.

Na publicação oficial feita pelo perfil do Passeio das Águas, um internauta afirmou: “Me lembro bem do slogan de que o estacionamento sempre seria gratuito”. Em outro comentário, um usuário escreveu: “Eu tinha este shopping como primeira opção. Agora com a cobrança de estacionamento fica difícil dar preferência”.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui