JBS: confira a lista de políticos citados por Joesley Batista em delação

0
joesley-batista

O Estadão divulgou a lista com os nomes dos políticos citados na delação do empresário Joesley Batista, do grupo JBS. Em depoimento à Procuradoria Geral da República (PGR), Joesley disse que seu grupo empresarial pagou R$ 400 milhões em propina para políticos e servidores públicos nos últimos anos. De acordo com o empresário, a lista inclui senadores, deputados e presidentes da República.

Já o diretor da JBS, Ricardo Saud também contou em sua delação que 1.829 candidatos, de 28 partidos políticos receberam dinheiro do grupo dos irmãos Batista. O delator trata de valores da ordem de quase R$ 600 milhões, que teriam sido destinados às campanhas dos candidatos em troca de contrapartidas do setor público. Ele entregou ainda, uma pilha de papéis com os nomes dos subornados, que agora passam a condição de possíveis alvos de inquéritos de corrupção.

lista-citados-joesley-batista
Temer, Lula, Dilma, Aécio e Serra são alguns dos citados pelo empresário Joesley Batista em delação. Foto: reprodução.

Confira a lista de nomes apresentada por Joesley Batista:

Presidentes e ex-presidentes:
– Michel Temer (Presidente)
– Dilma Rousseff (Ex-presidente, 2010-2016)
– Luiz Inácio Lula da Silva (Ex-presidente, 2003-2010)

Ministros e ex-ministros:
– Alexandre de Moraes (Ministro do STF e ex-Ministro da Justiça)
– Guido Mantega (ex-Ministro da Fazenda)
– Wagner Rossi (ex-Ministro da Agricultura)
– José Serra (ex-Ministro das Relações Exteriores)

Senadores:
– Aécio Neves (Senador afastado)
– Renan Calheiros (Senador)
– Romero Jucá (Senador)

Deputados:
– Eduardo Cunha (ex-Deputado e ex-presidente da Câmara)
– Rodrigo Rocha Loures (Deputado afastado e ex-assessor de Temer)

Governadores:
– Fernando Pimentel (Governador de Minas Gerais)

Outros citados:
– Lúcio Bolonha Funaro (operador do peemedebista e do empresário em esquemas de corrupção)
– Andréa Neves (irmã e braço direito de Aécio Neves)
– Elsinho Mouco (publicitário e marqueteiro oficial de Michel Temer)
– Willer Tomaz (Advogado de Renan Calheiros e Romero Jucá)
– Ângelo Goulart Vilella (Procurador que atuava no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Foto de capa: reprodução/internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui