Eleições nos EUA: Hillary tem vantagem de 5 pontos percentuais sobre Trump, diz pesquisa

0
eleicoes-eua

Faltando dois dias para as eleições presidenciais nos Estados Unidos, a Agência de Notícias Reuters trouxe os números da última pesquisa de intenções de voto Reuters/Ipsos. E o cenário traz a democrata Hillary Clinton com vantagem de 5 pontos percentuais sobre o republicano Donald Trump na pesquisa Nacional, com 44% contra 39% respectivamente. A pesquisa apontou ainda que Hillary tem 90% de chances de ganhar a eleição e suceder Barack Obama no posto de presidente dos EUA. Isso tem motivado os dois candidatos a focarem suas atenções em Estados chave como Ohio, Pensilvânia e New Hampshire.

Além dos números favoráveis à chapa democrata, outra notícia tranquilizou Hillary. É que o FBI descartou apresentar acusações formais contra a candidata por conta dos e-mails trocados no período em que atuou como secretária de Estado. Liberdade para que os democratas foquem na reta final da campanha de olho em uma possível vitória nas eleições da próxima terça-feira (08). Já Donald Trump deve cumprir agenda neste domingo e segunda em Iowa, Minesota, Michigan, Pensilvânia, Flórida, Carolina do Norte e New Hampshire, estados tidos como fundamentais para angariar votos rumo à vitória nas eleições.

O “olho do furacão” presidencial americano atingiu seu ápice na noite de sábado (05). Trump precisou ser retirado do palco onde discursava por agentes do Serviço Secreto por conta de uma confusão que foi tida como uma ameaça de atentado. Um homem que protestava com um cartaz que estampava a frase “Republicanos contra Trump” foi agredido por seguidores do republicano e detido. Ele foi liberado mediante a constatação de que não portava nenhuma arma de fogo.

Algumas apostas que Hillary Clinton possui para obter votos baseiam-se no apoio de seu marido, o ex-presidente Bill Clinton e do atual presidente americano Barack Obama, juntamente com sua esposa Michelle Obama e de algumas celebridades. Se a candidata democrata tem a seu desfavor a polêmica dos e-mails e a rejeição de parte da população ao governo Obama, por outro lado, pesa contra a imagem de Donald Trump as propostas controversas de separar os EUA do México por um muro, bem como as políticas que pretende adotar para com os imigrantes e ainda, os escândalos das denúncias de assédio sexual, entre outos fatores.

Cenário é acirrado e candidatos correm contra o tempo em busca de votos. Foto: reprodução/internet.
Momento eleitoral é acirrado e candidatos correm contra o tempo em busca de votos. Foto: reprodução/internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui