Ministro Sérgio Moro pede demissão do governo Bolsonaro

Decisão foi anunciada em pronunciamento na manhã desta sexta-feira (24)

0
Sérgio Moro pede demissão, Sérgio Moro pediu demissão, demissão Sérgio Moro, Sérgio Moro, Moro demitido
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, pediu demissão do governo Jair Bolsonaro. O anúncio foi feito por meio de um pronunciamento realizado na manhã desta sexta-feira (24), no Ministério da Justiça.

Durante sua fala, Moro fez um discurso duro, em que destacou suas ações no âmbito da magistratura, que exerceu por 22 anos até deixar a carreira de juiz federal, após a condução da Operação Lava Jato, para se tornar ministro a convite de Jair Bolsonaro. E fez um retrospecto de suas ações à frente da pasta.

O desembarque de Sérgio Moro do governo Bolsonaro vem após a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, publicada na edição desta sexta-feira, no Diário Oficial da União.

Moro mostrou insatisfação com a troca do comando da PF, entre outras interferências do presidente, mas não fez com que ele recuasse da ideia.

O ministro afirmou que não teria problema em trocar Valeixo, desde que houvesse algo que justificasse sua saída: “Eu não tenho problema em trocar o diretor-geral, mas eu preciso de uma causa”, disse.

Sérgio Moro disse que ainda argumentou com Bolsonaro a respeito. “Falei ao presidente que seria uma interferência política, e ele falou que seria mesmo”, afirmou sobre a saída do chefe da PF.

O trabalho da Polícia Federal estaria desagradando Bolsonaro à medida que ocorrem as investigações sobre um suposto esquema de disseminação de fake news para atacar adversários políticos do presidente e a promoção de atos pró-golpe militar.

A suspeita é que o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filhos de Jair Bolsonaro, sejam integrantes desse esquema, conhecido como ‘gabinete do ódio’.

Os dois casos seguem sob investigação de uma equipe da PF sob relatoria do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui