Morre Maguito Vilela, prefeito de Goiânia, por complicações da Covid-19

Prefeito licenciado tratava uma nova infecção pulmonar provocada por bactérias e fungos, mas não resistiu. Luta pela vida durou mais de 80 dias

0
eleições 2020 em Goiânia, Maguito Vilela é eleito, Maguito Vilela eleito, eleições 2020 Goiânia, Maguito Vilela prefeito, Morre Maguito Vilela, Maguito Vilela morreu, Maguito Vilela Covid-19, morte de Maguito Vilela, Maguito Vilela
O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB). Foto: reprodução/Twitter

Os goianienses foram pegos por uma notícia extremamente triste na manhã desta quarta-feira (13). O prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu nesta madrugada, aos 71 anos, após mais de 80 dias de internação e de luta contra a Covid-19. Ele já não estava mais infectado pela doença, mas seguia na UTI para se recuperar dos efeitos e acabou não resistindo às complicações.

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, ocorrido nesta madrugada de 13 de janeiro. Internado desde o dia 22 de outubro para tratar da Covid-19, Maguito lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada. A família está providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal. Assim que tivermos mais informações repassaremos”, disse o comunicado.

No momento, a equipe médica responsável pelo político tratava uma nova infecção pulmonar apresentada na última quinta-feira (7), provocada por bactérias e fungos. A medicação era feita com altas doses de drogas vasoativas.

Confira a nota de falecimento divulgada pela equipe médica:

São Paulo, 13 de janeiro de 2021 – O Hospital Israelita Albert Einstein comunica, com
pesar, o falecimento do senhor Luís Alberto Maguito Vilela, às 04h10 desta quarta-feira.
Maguito Vilela encontrava-se internado desde o dia 27 de outubro para tratamento da
Covid-19.

Dra. Carmen Barbas, pneumologista
Dr. Marcelo Rabahi, pneumologista
Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor Médico e de Serviços Hospitalares do Hospital Israelita
Albert Einstein

Histórico

Maguito testou positivo para o coronavírus no dia 20 de outubro e foi internado dois dias depois em um hospital de Goiânia. Com 75% dos pulmões comprometidos, ele foi transferido para o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internado na UTI desde o dia 27 de outubro.

Anteriormente, o prefeito chegou a ter uma melhora, passando a maior parte do tempo acordado e só recebendo sedação leve no momento de dormir, além de estar respondendo adequadamente aos estímulos e em reabilitação, mas o quadro voltou a se agravar na última semana.

Homenagens

O prefeito em exercício, Rogério Cruz (Republicanos), se pronunciou nas redes sociais lamentando a morte de Maguito Vilela.

“O que dizer de um homem simples, de coração puro, de um caráter libado e que sonhou com “UMA LINDA GOIÂNIA” expressa em folhas de papel? E que me deixa uma grande responsabilidade de fazer Goiânia seguir em frente juntamente com uma equipe de excelência. E assim faremos! Meus sentimentos a todos os familiares nas pessoas do Daniel, Flavia, Miguel, Vanessa, Leandro, e a todos os amigos. #maguitoguerreiro, sua história ficará marcada em todos nós”, disse Rogério Cruz.

Foto: reprodução/Instagram/rogeriodacruzoficial

Em tom bastante emocionado, Daniel Vilela, presidente estadual do MDB e filho de Maguito Vilela, publicou uma foto em homenagem ao pai.

“Durante muitos dias queria fixar meu olhar nessa foto que a Flávia me enviou, mas não conseguia porque ela me trazia o sentimento que ele estava partindo, com a roupa que ele mais gostava e no local que ele mais amava: a fazenda em Jataí. E hoje, infelizmente, o meu melhor amigo partiu. O meu impecável pai, Maguito, o maior exemplo e minha maior referência. Não consigo não ser egoísta nesse momento. Queria ele ainda por muitos anos com a gente… Nessas horas ficamos pensando se poderia ter sido diferente, mas o que dizem – e eu concordo – é que para Deus tudo tem a sua hora, e a dele foi agora e da forma que precisava ser, ao lado dos seus filhos, e dizendo até breve. Descanse em paz! Obrigado, Deus, por me permitir amar e ser amado tanto pelo meu Pai!!”, diz a legenda da publicação.

Foto: reprodução/Instagram/danielvilela15

O emedebista dedicou mais de 40 anos à carreira política, atuando nos cargos públicos de vereador, prefeito, governador e senador.

Nascido em 24 de janeiro de 1949, Luís Alberto Maguito Vilela deixa a esposa, Flávia Teles e quatro filhos: Vanessa, Daniel, Maria Beatriz e Miguel, além de uma enteada: Anna Liz.

Em nome da Factual, nossos mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui