Loalwa Braz, cantora do hit “Chorando se foi”, é encontrada morta em carro carbonizado, no Rio de Janeiro

0
loalwa-braz-reproducao-facebook

A cantora Loalwa Braz, de 63 anos, ex-vocalista do grupo Kaoma foi encontrada morta em um carro incendiado na manhã desta quinta-feira (19), em Saquarema, no Rio de Janeiro. Ela estava dentro de um carro carbonizado na Estrada da Barreira, distrito de Bacaxá. De acordo com informações preliminares da polícia, dois homens teriam invadido a pousada de Loalwa, onde ela também morava, e a colocado no carro onde o corpo foi encontrado.

A 124ª Delegacia de Polícia investiga o caso. O comandante do Corpo de Bombeiros, Leonardo Couri, informou que a equipe foi acionada por volta das 3h40, enquanto combatiam as chamas em uma casa. O novo chamado era para conter as chamas que consumiam um carro. Ao chegar ao local, a equipe identificou que havia um corpo carbonizado dentro do automóvel e a perícia foi acionada.

Loalwa Braz integrou o grupo musical franco-brasileiro Kaoma entre 1989 e 1999 e ficou conhecida como a voz da lambada durante os anos 80. A banda alcançou o topo das paradas musicais com “Chorando se foi”, que foi levada a 116 países ao longo de duas décadas. Outro sucesso de destaque da carreira de Loalwa faz parte do mesmo disco, “Worldbeat” de 1989, a faixa “Dançando lambada”. Sua trajetória na música lhe rendeu mais de 25 milhões de discos vendidos e mais de 80 discos de ouro e de platina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui