Orquestra Sinfônica Feminina de Goiânia realiza concerto em homenagem ao Dia das Mulheres neste domingo (8)

Concerto reúne as solistas Sarah Orioli, Sabah Morais e Maria Eugênia a partir das 11 horas, no Teatro Goiânia

0
Orquestra Sinfônica Feminina, Teatro Goiânia, Dia das Mulheres, maestrina Katarine Araújo, Sarah Orioli Sabah Morais e Maria Eugênia
Da esquerda para a direita: maestrina Katarine Araújo e as solistas Maria Eugênia, Sabah Morais e Sarah Orioli. Foto: Ney Couteiro/divulgação

A Prefeitura de Goiânia, em parceria com o Governo de Goiás, promove no próximo domingo (8), às 11 horas, no Teatro Goiânia, o concerto Orquestra Sinfônica Feminina ‘Mulheres Compositoras e Intérpretes’, com as solistas Sarah Orioli, Sabah Morais e Maria Eugênia, sob a regência da maestrina Katarine Araújo, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O evento tem entrada franca.

A Orquestra Sinfônica Feminina de Goiânia é composta por cerca de 60 mulheres musicistas das principais orquestras da cidade: Orquestra Sinfônica de Goiânia, Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, Orquestra Jovem Joaquim Jayme e Banda Sinfônica Jovem de Goiás.

A apresentação se divide em duas partes distintas. Na primeira parte, obras escritas por célebres compositoras da Europa: Fanny Mendelssohn (Alemanha), Ethel Smyth (Inglaterra) e Cecile Chaminade (França). Na segunda parte, música popular brasileira escrita por mulheres, com destaque para as composições de Chiquinha Gonzaga, Dolores Duran e Ivone Lara.

De acordo com Eliseu Ferreira, maestro e diretor artístico da Orquestra Sinfônica de Goiânia, a proposta é mostrar a crescente força das mulheres na música de concerto, em especial nas orquestras. “Em um universo historicamente quase que exclusivamente masculino, em anos recentes, as mulheres têm ocupado cada vez mais espaços na música de concerto em instituições ao redor do mundo, inclusive em postos de liderança como maestrinas, como é o caso, por exemplo, da americana Marin Alsop, regente titular da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, uma das mais importantes da América Latina. Goiânia foi pioneira ao formar a primeira Orquestra Sinfônica Feminina, que funcionou entre 1959 e 1961, numa iniciativa da pianista Belkiss Spenciéri. O êxito dessa orquestra foi enorme, com várias apresentações”, ressalta.

O mesmo concerto será repetido na próxima terça-feira (10), às 20 horas, no Teatro SESI. A entrada será mediante a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis ou um livro literário.

SERVIÇO

Orquestra Sinfônica Feminina – Homenagem ao Dia das Mulheres

Quando: domingo, 8 de março de 2020
Horário: 11h
Onde: Teatro Goiânia – Av. Tocantins, esquina com Rua 23, Centro – Goiânia/GO
Entrada franca

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui