Novo decreto em Goiânia libera funcionamento de atividades não essenciais aos fins de semana

Flexibilização foi possível após análise dos últimos indicadores da pandemia, como taxa de ocupação de leitos e índice de transmissão

0
Novo decreto em Goiânia, funcionamento de atividades não essenciais, atividades não essenciais, decreto em Goiânia, decreto Goiânia, medidas restritivas em Goiânia, novo decreto, novo decreto de medidas restritivas em Goiânia, medidas restritivas em Goiânia por mais sete dias, decreto com medidas restritivas em Goiânia
Foto: divulgação/Secom Goiânia

Em reunião com representantes do setor econômico da capital, nesta quinta-feira (22), no Paço Municipal, ficou acertado que o novo decreto em Goiânia de combate à Covid-19, que passou a valer na mesma data, permite o funcionamento de atividades não essenciais aos fins de semana.

+ Clique aqui e acompanhe todas as nossas notícias relacionadas ao coronavírus

De acordo com o secretário de Governo, Arthur Bernardes, que liderou a reunião, “a notícia é boa, mas vem acompanhada de muita responsabilidade e observância plena dos protocolos sanitários”.

O prefeito Rogério Cruz determinou que fossem realizados estudos de viabilidade para contemplar os setores. “Reconhecemos que muitos negócios têm mais movimento aos fins de semana. E entendendo que os empresários estão inteiramente comprometidos com o combate ao coronavírus e que vivemos um momento de estabilidade, decidimos dar esta contribuição à economia da nossa cidade”, destacou o prefeito.

Arthur Bernardes ressaltou que a decisão foi baseada em estudos técnicos, o que possibilita a flexibilização. “A análise constante dos dados epidemiológicos nos possibilitaram flexibilizar este decreto que contempla muitas das reivindicações dos senhores. Os índices começam a nos mostrar que a gente tem uma relativa segurança para fazer essa reabertura, mas não de forma plena”, enfatizou o secretário ao cobrar dos empresários atenção para que ajudem o poder público na fiscalização de irregularidades.

Presidente do Fórum Empresarial, Marcelo Baiocchi destacou a política de diálogo instituída pela gestão de Rogério Cruz. “É fundamental o modelo que temos hoje na prefeitura, que é o diálogo. Vocês trazem com tanta clareza que, mesmo na hora de fechar, vocês terão o nosso apoio também”, sublinhou. Sandro Mabel, presidente da Fieg, também elogiou a administração. “Teve a coragem de conversar, negociar e entender as dificuldades de cada setor. A prefeitura sempre foi muito responsável e sensível aos empresários”, afirmou.

O novo decreto em Goiânia mantém os horários em funcionamento atuais. Outra mudança prevista no documento é a permissão para a execução de ambientação sonora ao vivo limitada a dois músicos.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui