Web Summit: missão do governo busca trazer maior evento de tecnologia do mundo para Goiás

Formado por representantes do Governo de Goiás, entidades empresariais e classistas, grupo goiano está em Portugal para apresentar potencialidades do Estado como celeiro de tecnologia e inovação no Brasil

0
Web Summit, Web Summit Goiás, maior evento de tecnologia do mundo, Web Summit Governo de Goiás, maior evento de tecnologia do mundo para Goiás
Web Summit, maior conferência de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo. Foto: divulgação

A partir desta segunda-feira (1º) até a próxima quinta-feira (4), Lisboa, capital portuguesa, se transforma no maior palco de inovação do mundo ao sediar o Web Summit. O evento, que envolve 40 mil pessoas de todo o mundo interessadas em se conectar com o que há de mais moderno sendo pensado em termos de tecnologia e inovação, conta com a participação de uma comitiva goiana de quase 50 pessoas, organizada pelo Sebrae Goiás, além de outras entidades como Acieg, Sebrae, Senar/Faeg, Fecomércio e Universidade Federal de Goiás (UFG).

Dentre os participantes, o secretário-geral de Governo, Adriano da Rocha Lima, que também é membro do Conselho Deliberativo do Sebrae Goiás, se une ao grupo a convite da entidade. O secretário encampará uma missão paralela desafiadora: apresentar Goiás como sede do primeiro Web Summit a ser realizado na América Latina, a partir do próximo ano. Para isso, o Estado concorrerá com outros dois entes da federação que já manifestaram interesse em sediar o evento: Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e Brasília (DF).

Para apresentar o potencial de Goiás, Adriano da Rocha Lima já tem agendada reunião com o CEO do Web Summit Portugal, Artur Alves Pereira, junto ao filho do presidente de Portugal, Nuno Rebelo de Sousa, nesta segunda-feira.

“Vamos mostrar como Goiás se tornou referência em inovação nos últimos anos, ao criarmos o primeiro Centro de Excelência em Inteligência Artificial (Ceia) da América Latina, e termos o primeiro curso de Inteligência Artificial do país, oferecido pela Universidade Federal de Goiás. Além disso, estão em andamento inúmeros outros projetos sendo realizados nas Escolas de Futuro, nos Colégios Tecnológicos e demais ambientes de inovação, o que nos tem permitido manter um ecossistema propício para receber um evento dessa magnitude”, explica o titular da Secretaria-Geral da Governadoria (SGG).

A agenda oficial do secretário envolve ainda reunião com a cúpula da EDP, multinacional Portuguesa que adquiriu a Celg Transmissão em recente leilão promovido na B4. Na ocasião, a estatal goiana foi arrematada com ágio de 80,10%, tendo conquistado no dia do pregão o valor de R$ 1,977 bilhão.

“Vamos buscar, junto à EDP, captar investimentos em energia limpa e renovável para o Estado. Temos potencial para instalar a maior usina fotovoltaica do Brasil devido ao nosso forte índice de insolação durante todo o ano. Inclusive, já temos uma área estrategicamente escolhida na cidade de Nova Roma, que pode receber essa usina, além de outra área em São João D’Aliança, ambas no Nordeste goiano”, adianta Rocha Lima.

Outra parte do trabalho institucional do secretário-geral será buscar potenciais parcerias e projetos que possam ser desenvolvidos nos ambientes de inovação mantidos pelo Governo de Goiás. “Teremos um estande brasileiro dentro da conferência, e isso nos permite marcar presença e mostrar como Goiás está inserido no ecossistema mundial da inovação”, pontuou.

O secretário de Estado de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira, também está no evento. Com a presença de aproximadamente duas mil startups, o titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) realizará um benchmarking junto às ideias e aos projetos de inovação implementados em seus espaços produtivos. Ele também acredita que Goiás tem todas as condições de trazer o Web Summit a partir de 2022.

“O Governo de Goiás vem realizando investimento pesado em ciência e tecnologia para manter o Estado na vanguarda da inovação. Atuamos em diversas frentes, desde o ensino fundamental, com os laboratórios Include, em que as crianças são introduzidas ao pensamento computacional, até o ensino profissional, nas Escolas do Futuro, que colocam profissionais qualificados em uma área de grande empregabilidade. Sem falar nos investimentos na construção de dois centros de inovação (obras em andamento), parcerias com startups e com os parques tecnológicos do Estado”, afirmou.

Missão em solo português

A missão goiana chegou a Lisboa neste domingo (31). Entre os compromissos, está uma visita técnica a New School of Business and Economics – Nova Escola de Negócios e Economia – para conhecer o programa de empreendedorismo local.

Para a manhã de segunda-feira, a agenda do grupo conta com palestras sobre ecossistemas de empreendedorismo em solo europeu e inovação colaborativa, na United Lisbon Internacional Education – Escola Internacional de Educação de Lisboa. No período da tarde, o secretário-geral de Governo, Adriano da Rocha Lima, dedica-se à audiência com Nuno Rebelo de Sousa, filho do presidente de Portugal, e com o CEO da Web Summit, Artur Alves Pereira. Em seguida, ele será recebido pela cúpula da EDP para tratar sobre investimentos em energia renovável.

Na terça, quarta e quinta-feira (2, 3 e 4) a comitiva acompanha as palestras oferecidas na conferência mundial Web Summit. Para sexta-feira (5) está agendada uma visita técnica ao Centro de Investigação para o Conhecimento, da Fundação Champalimaud, na qual os participantes serão apresentados ao tema “Uma visão de futuro para um Centro de Ciências”, além de reunião com a EDP para mostrar as potencialidades de Goiás na geração de energia renovável. E no sábado (6), a expedição será encerrada com uma visita guiada ao centro empresarial Taguspark, seguida de uma audiência com o presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Afonso Morais.

Comitiva do Sebrae Goiás

Integram a comitiva goiana, além de membros titulares do conselho deliberativo do Sebrae, micro e pequenos empreendedores vinculados à Associação Comercial e Empresarial de Goiás (Acieg); à Fecomércio, ao Senar, e à Universidade Federal de Goiás, com quase 50 participantes. Isso fora representantes de outros poderes e entes, como Prefeitura de Goiânia.

Além dos representantes do Governo de Goiás, Adriano da Rocha Lima e Marcio Cesar Pereira, que tiveram passagens e estadias custeadas pelo Sebrae, estarão presentes o superintendente do Sebrae, Antônio Carlos Lima Neto, autoridades como o presidente da Acieg, Rubens Fileti, da Fecomércio, Marcelo Baiocchi, bem como o reitor da UFG, Edward Madureira Brasil, dentre outros.

Essa é a quinta edição em que o Sebrae Goiás organiza a participação de representantes goianos no evento, sendo que no último ano ela aconteceu de forma virtual devido à pandemia do coronavírus.

Sobre o Web Summit

O Web Summit é considerado a maior e mais importante conferência de tecnologia, inovação e empreendedorismo no mundo, além de contar com diversas visitas técnicas focadas em networking e oportunidades de negócios em uma das mais vibrantes startups-cities da Europa. Atualmente, ele é sediado, além de Lisboa, em Tóquio (Japão), em Toronto (Canadá) e em Hong Kong (China).

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui