Para evitar fake news, WhatsApp limita encaminhamento de mensagens a um contato por vez

Em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), medida é motivada pelo aumento na quantidade de mensagens que podem ocasionar a disseminação de boatos e notícias falsas

0
WhatsApp limita encaminhamento de mensagens, limite de encaminhamento de mensagens WhatsApp, WhatsApp limita mensagens, encaminhamento de mensagens, WhatsApp
Foto: reprodução/Pexels

O WhatsApp passou a limitar o encaminhamento de mensagens a partir desta terça-feira (7). Segundo a empresa, os usuários só poderão encaminhar determinada mensagem para uma conversa por vez. Desde janeiro de 2019, esse limite era de cinco mensagens.

A decisão é motivada por um aumento significante na quantidade de mensagens que podem contribuir para a disseminação de boatos e notícias falsas – as famigeradas fake news – diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Em comunicado, o WhatsApp disse que acredita ser importante desacelerar a disseminação de mensagens encaminhadas para que a plataforma continue sendo um espaço seguro para conversas pessoais.

A empresa garante que está sempre trabalhando para garantir a privacidade e segurança das conversas. E ressaltou que, ao criar o limite de encaminhamento para conter a disseminação de notícias falsas, ajudou a diminuir em 25% o número de mensagens do tipo encaminhadas em todo o mundo.

Parcerias

Para ajudar a levar informações confiáveis à população, o WhatsApp informou que está trabalhando diretamente com governos e organizações não governamentais, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), além de ministérios da saúde de mais de 20 países.

De acordo com a plataforma, essas organizações juntas já enviaram centenas de milhões de mensagens a pessoas no mundo todo que buscam informações e dicas sobre como lidar com a pandemia.

“Acreditamos que agora, mais do que nunca, as pessoas precisam se conectar com privacidade. Continuamos trabalhando com bastante empenho para manter o WhatsApp funcionando com estabilidade durante essa crise mundial sem precedentes e continuaremos a ouvir suas sugestões e a aprimorar as maneiras pelas quais as pessoas compartilham momentos especiais no WhatsApp”, disse a companhia.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui