Rede Municipal de Ensino de Palmas planeja retomada das aulas para o segundo semestre em formato híbrido

Retorno das atividades escolares está previsto para o dia 3 de agosto, mas depende do cenário epidemiológico

0
retomada das aulas, retomada das aulas 2021, Rede Municipal de Ensino de Palmas, Rede Municipal de Ensino, retomada das aulas Palmas
Salas já estão com as carteiras em distanciamento exigido pelos órgãos de saúde. Foto: Lia Mara/Secom Palmas

A Prefeitura de Palmas anunciou nesta quinta-feira (15) que o calendário letivo da Rede Municipal de Ensino está previsto para ter início no dia 3 de agosto, após a implementação do Plano de Retomada das Aulas 2021.

+ Clique aqui e acompanhe todas as nossas notícias relacionadas ao coronavírus

De acordo com a administração municipal, as 78 unidades educacionais estão preparadas, seguindo as determinações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e o retorno dos alunos às escolas agora depende somente do cenário epidemiológico. O plano contempla as crianças do pré-escolar II e os estudantes do ensino fundamental.

Dessa forma, as escolas terão aulas em formato híbrido, online e presencial, com turmas subdivididas em grupos que se alternam na frequência à sala de aula. O formato se mostra como uma ferramenta eficiente para o isolamento de contatos em caso de surto e na redução da ocupação dos espaços.

O Plano de Retomada das Aulas 2021 prevê a divisão dos estudantes em dois grupos, sendo que o Grupo 1 será composto pelos primeiros nomes da lista de chamada, organizada em ordem alfabética, com aulas presenciais durante uma semana, enquanto o restante dos alunos farão aulas online. Na semana seguinte, o Grupo 2, composto pelos demais alunos, terão as aulas presenciais e o Grupo 1, aulas online.

Medidas sanitárias

As unidades educacionais de Palmas terão horários diferenciados para entrada e saída dos estudantes e, também, para o lanche. Serão disponibilizados dispensadores com sabonete líquido nos banheiros e com álcool em gel nos pontos de maior circulação de pessoas. Nas entradas das escolas serão instalados pia e totem de acionamento por pedal para higienização das mãos com água e sabão e/ou álcool em gel, assim como tapetes sanitizantes nas portas que dão acesso à parte interna das unidades educacionais.

Alunos e profissionais de educação terão a temperatura corporal aferida, por termômetro com infravermelho, na entrada do ambiente escolar e a cada duas horas. O uso de máscaras será obrigatório e os profissionais da educação (professores, servidores da limpeza e administrativo, entre outros) receberão equipamentos de proteção individual (EPIs). Todas as unidades educacionais passarão diariamente por um protocolo rigoroso de desinfecção e higienização.

Placas com as orientações para evitar a Covid-19 foram fixadas em áreas comuns. Foto: Lia Mara/Secom Palmas
Totens de álcool em gel foram distribuídos pelas dependências das escolas. Foto: Lia Mara/Secom Palmas

Formato híbrido

A superintendente Anice Moura salienta que se Palmas permanecer com o Coronômetro sinalizando a cor verde será mantido o formato híbrido, atendendo 50% da capacidade da turma a partir do pré-escolar II. Desse modo, as crianças de 5 anos até o 9° ano retornarão uma semana presencial, na outra semana de forma remota com atividades impressas e na ferramenta Palmas Home School. Na semana seguinte faz-se a inversão do grupo.

“Acreditamos que será possível retornar dessa maneira, uma vez que todos os profissionais da educação já se encontram vacinados pelo menos com a primeira dose e com a segunda dose prevista para os meses de agosto e setembro”, afirma a superintendente. Segundo ela, a depender do cenário epidemiológico, após o início das aulas, esse quantitativo de 50% será ampliado para 75% e 100% da capacidade da turma diariamente.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual Tocantins no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui