Carlesse prorroga estado de calamidade pública no Tocantins até 30 de junho de 2021

Decreto foi publicado na edição desta terça-feira (22) do Diário Oficial do Estado (DOE)

0
estado de calamidade pública, estado de calamidade pública no Tocantins, calamidade pública Tocantins, decreto calamidade pública Tocantins, estado de calamidade pública Tocantins
Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins

Foi prorrogada até 30 de junho de 2021, pelo governador do Tocantins, Mauro Carlesse, a declaração de estado de calamidade pública em todo o território tocantinense, em razão da pandemia do novo Coronavírus. O Decreto 6.202 foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), edição desta terça-feira (22), alterando o Decreto 6.156, de 18 de setembro de 2020.

+ Clique aqui e acompanhe todas as nossas notícias relacionadas ao coronavírus

A medida está em consonância com a decisão de vários estados, a exemplo do Distrito Federal e do Piauí, que prorrogaram a situação de calamidade pública pelo prazo de 180 dias em decorrência da manutenção do cenário pandêmico.

Os atuais números de casos confirmados no Tocantins também foram levados em consideração no novo decreto. De acordo com o último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nessa terça-feira, o Tocantins acumula 88.070 casos confirmados, dos quais 78.693 pessoas já se recuperaram e outros 8.159 possuem casos ainda ativos.

O Tocantins também acumula a triste marca de 1.218 vidas perdidas para a Covid-19. Do total de casos ativos, 143 pessoas encontram-se hospitalizadas, sendo 101 em leitos públicos e 42 em leitos privados; destes, 80 recebem os cuidados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI Covid-19).

“O cenário da pandemia da Covid-19 se mantém, mesmo com o passar do tempo. Recentemente, tivemos a boa notícia de que em breve teremos vacinas disponíveis contra essa doença. Até lá continuaremos fazendo a nossa parte e oferecendo assistência adequada para os tocantinenses que contraírem o vírus e precisarem de cuidados especiais. Nosso pedido é que as pessoas mantenham os cuidados como o uso de álcool em gel, de máscara e o distanciamento recomendado pelos órgãos de saúde”, afirmou Carlesse.

Ações

Diversas ações têm sido adotadas pelo Governo do Tocantins desde o início da pandemia com o intuito de ajudar os municípios e os cidadãos no enfrentamento da Covid-19, a exemplo da doação de cestas básicas para comunidades rurais e para alunos da rede estadual e também das redes municipais, sanitização dos locais públicos mais frequentados, ofertas de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva para tratamento dos pacientes, entre outras.

O estado de calamidade pública no Tocantins foi declarado pelo governador Mauro Carlesse no dia 21 de março deste ano, sendo prorrogado em setembro até o dia 31 de dezembro de 2020. Com a publicação do novo decreto, que começa a produzir efeitos a partir de 1º de janeiro de 2021, a decisão fica prorrogada por mais 180 dias.

Recomende este conteúdo aos seus amigos nas redes sociais e acompanhe a Factual Tocantins no FacebookTwitter e Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui